Quarta-feira, Março 29, 2017
Início - Sociedade - Seia toma iniciativas para promover prevenção dos maus tratos infantis
Seia toma iniciativas para promover prevenção dos maus tratos infantis

Seia toma iniciativas para promover prevenção dos maus tratos infantis

“Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância” é o tema que servirá de mote para o conjunto de iniciativas que o Município de Seia, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Seia (CPCJ) e o Contrato Local de Desenvolvimento Social -CLDS 3 G de Seia vão promover, tendo em vista a consciencialização da comunidade, para a importância da prevenção dos maus-tratos na infância; da família, para o exercício de uma parentalidade positiva; e da criança/ jovem, para os seus Direitos. A iniciativa insere-se na Campanha Nacional da Prevenção de qualquer forma de violência contra as crianças e jovens, cujo lema é “Todos juntos podemos fazer a diferença! Prevenir Resulta!” que se realiza durante o mês de abril.

A primeira acção, em Seia, decorre já esta sexta-feira com a Colocação de Laço (s) Azul nos edifícios públicos, uma medida simbólica que assinalará o início do extenso programa, que conta com a realização de actividades de rua, oficinas temáticas para pais, profissionais e alunos, peças de teatro e uma exposição sobre os direitos da criança, que estará patente na Escola Secundária de Seia (de 18 a 22). No dia 6, a comunidade escolar do concelho realiza uma Marcha “Azul” pela cidade e vai formar um Laço Humano largo da Câmara, uma forma de chamar a atenção para as questões dos maus tratos.

Para os dias 15, 19, 27 e 30 estão programadas quatro oficinas temáticas destinadas a pais, encarregados de educação, professores e outros técnicos a desempenhar funções com crianças e jovens. A primeira atividade tem como temas “O direito a ser pai ou ser mãe – prevenir a alienação parental” e “Abuso psicológico e sofrimento psíquico” e irá ter lugar no auditório da Casa Municipal da Cultura, das 20h30 às 22h30, tendo como dinamizadores Miguel Agra e Ana Almeida da ASOS – Associação Soltar os Sentidos. “Alimentação em Idade Escolar” é o nome da segunda e terceira oficina que será dinamizada por médicos de pediatria e de medicina geral e familiar e técnicos de nutrição e dietética do concelho, na Biblioteca Municipal, das 20h30 às 22h30. No último dia do mês, técnicos da Luxius psicologia abordarão “Dicas para miúdos e graúdos, desenvolvimento emocional da criança dos 4/6 anos”, na Ludoteca Municipal, entre as 10h00 e as 12h00.

No dia 27, decorre no auditório da Casa Municipal da Cultura a oficina “Sinais de detecção e intervenção dos maus tratos/ abuso infantil”, a cargo de Fátima Duarte, da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens, destinada a professores, assistentes operacionais e outros técnicos a desempenhar funções com crianças e jovens.

Entretanto, no dia 22, pelas 21h00, sobe ao palco do Cineteatro da Casa Municipal da Cultura a peça de teatro “Deixemos o sexo em paz”, da Companhia de Teatro Maria Paulos. No mesmo dia, esta peça será ainda apresentada, pelas 10h00, aos alunos do ensino secundário. Ainda, no campo da expressão dramática, os alunos do 1º CEB dos Agrupamentos de Escolas do concelho assistirão, no dia 5, ao teatro de fantoches “Uma aventura na terra dos direitos”, por João Nascimento.

No âmbito da programação para alunos, estão também previstas a realização de várias oficinas. A primeira abordará a violência no namoro, pela Equipa EIVIDA, está agendada para os dias 11 e 13, e destina-se aos alunos do 11º e 12º da Escola Secundária de Seia. No dia 15, a psicóloga da ASOS, Ana Almeida, dinamiza junto das crianças do 3º e 4º ano do 1º CEB a oficina “O meu corpo e a minha identidade” e “A violência e a génese dos (des) equilíbrios” será tema de debate na Escola Profissional da Serra da Estrela, no dia 19, numa ação promovida por Sérgio Viana, psicólogo clínico na ULS Guarda EPE – Hospital Nossa Senhora da Assunção e Centro de Saúde de Seia. Do programa constam, igualmente, um conjunto de ações promovidas pela Polícia Judiciária (PJ), nomeadamente sobre o perigo na internet, prevenção do abuso, a decorrer no dia 21, junto dos alunos do 9º ano das EB Tourais/Paranhos e Dr. Abranches Ferrão. No mesmo dia, a mesma entidade alerta os alunos do 3º CEB da Escola Evaristo Nogueira e Dr. Guilherme Correia de Carvalho, sobre os “Consumos ilícitos”, tema que também será objecto de abordagem junto dos alunos do ensino secundário e profissional, no dia 28.