Semana Académica da ESTGOH arranca hoje em Oliveira do Hospital

 

É na escadaria da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que a cidade faz hoje, pelas 24h00, a receção, à aguardada semana do estudantes. A serenata dá assim o pontapé de saída da Semana Académica da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) que, até 3 de junho, vai imprimir uma nova dinâmica à cidade com as capas negras a tomarem conta da animação noturna, com palco assegurado no recinto da feira.

Esta é pelo menos a expectativa do recém eleito presidente da Associação de Estudantes da ESTGOH que ao correiodabeiraserra.com se revelou confiante na atratividade do cartaz que engloba nomes como Bezegol, a 31 de maio, Freshkitos, a 1 de junho e Azeitonas, na noite de sábado. “Vamos conseguir chamar público de todas as idades”, frisou Filipe Santos, confiante na boa adesão dos oliveirenses e gente dos concelhos vizinhos onde – garante o responsável – foi feita uma forte publicidade ao evento.

Na presidência da Associação de Estudantes da ESTGOH desde o passado dia 18 de abril, Filipe Santos destaca o empenho de todos os que consigo trabalham e que, em tão pouco tempo, conseguiram preparar todo o evento e lançar para a rua um “bom cartaz e apelativo”. Neste domínio, Filipe destaca a mais valia da rede social facebook que pontualmente foi permitindo divulgar, antecipadamente, alguns nomes do cartaz e ao mesmo tempo dar-lhe alguma relevância e gerar expectativa entre o público alvo.

A Semana Académica da ESTGOH surge este ano com uma semana de atraso relativamente àquilo que era a habitual calendarização do evento. Uma situação que é justificada com o facto de o evento se realizar no parque da feira, que no domingo passado foi utilizado para o efeito. Um atraso que até é bem visto pelo jovem tendo em conta o curto espaço de tempo disponível para a preparação de todo o evento que, este ano, surje também com a particularidade de não contar com o apoio logístico de uma tenda. “ “Uma tenda não é ambiente propício para uma queima”, contou o aluno do 2º ano do extinto curo de Engenharia Civil, confiante de que S. Pedro dê uma mãozinha à festa, porque caso contrário a organização vai ter um “problema em mãos”.

Sem deixar de também associar a decisão da exclusão da tenda com questões financeiras, Filipe Santos situa o orçamento da Semana Académica 2012 na casa dos 30 mil Euros. Para fazer face aos custos, a Associação de Estudantes conta com a boa adesão a cada um dos espetáculos agendados e destaca o apoio do IPC, ESTGOH e empresas que se disponibilizaram para patrocinar o evento.

Neste domínio, Filipe Santos tem ainda sublinhar a “grande abertura” da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, desde a primeira hora, se prontificou em colaborar, com especial destaque para a cedência do espaço, mão de obra e materiais necessários.

Para além da animação noturna, outro dos pontos altos do evento é a realização do cortejo académico que, a atestar pelo verificado em anos anteriores, enche de vida a cidade. Alunos e carros devidamente ornamentados alusivos a cada uma das licenciaturas percorrem as principais ruas da cidade, imprimindo o verdadeiro espírito académico a todos os que, ansiosamente, aguardam pela sua passagem.

Na edição 2012, o cortejo sai para a rua ao início da tarde de quinta-feira, 31 de maio, e vai contar com quatro viaturas em desfile, havendo a registar a última presença do curso de Engenharia Civil e a ausência do curso de Engenharia Informática. Para alunos e familiares, outro dos momentos mais aguardados da Semana Académica da ESTGOH é a missa de benção das pastas/capas que vai decorrer a partir das 11h00 de domingo, 3 de junho, no Parque do Mandanelho. À tarde, no recinto da feira, a festa está a cargo das tunas.

LEIA TAMBÉM

Os pais da exclusão… Autor: Renato Nunes

Biblioteca Nacional de Lisboa, 29 de Setembro de 2017. Depois de mais um dia de …

Coligação liderada pelo CDS preocupada com empreitada da retirada do amianto das escolas de Oliveira do Hospital

A Coligação Construir o Futuro (CDS-PP / MPT / PPM) está “preocupada e apreensiva” com …