Um dos momentos mais solenes da semana académica da Escola superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) – a serenata –, ficou ontem negativamente marcado por um insólito episódio que deixou o público boquiaberto.

Serenata da ESTGOH termina com desacatos

Imagem vazia padrãoA serenata da ESTGOH, que começou a entoar os primeiros cânticos por volta da meia-noite, teve que interromper – passado pouco tempo – a sua actuação, em consequência de desacatos surgidos no seio dos próprios elementos da serenata.

De acordo com o que referiu ao correiodabeiraserra.com um ex-aluno da ESTGOH que assistiu ao espectáculo, o incidente – com o público a assistir – deu-se por causa de um estudante da comissão de praxes que “começou a mandar vir com alguns caloiros” que estavam no grupo e que, segundo a mesma fonte, não terão participado “em todas as praxes”.

A partir daí, a serenata começou a “desafinar” e – conforme contou ao CBS online a mesma fonte, que pediu para não ser identificada –, os estudantes da ESTGOH, agrupados na escadaria do tribunal judicial, “quase chegaram a vias de facto” e houve inclusivamente “gente que estava a assistir que ajudou a acalmar os ânimos para evitar cenas de agressões físicas”.

LEIA TAMBÉM

Jovens cientistas da EPTOLIVA de Tábua desenvolvem Compósito Antisséptico e conquistam segundo lugar na XI Mostra Nacional de Ciência

Jovens estudantes da Eptoliva, na Tábua, no distrito de Coimbra, desenvolveram uma solução desinfectante a …

A escola ou a escolinha (?). Autor: António Ferro.

Durante várias décadas, fui assistindo às mudanças (algumas drásticas e escusadas) no sistema de ensino …