Sim, é possível um portugal melhor

Sim, é possível e necessária a ruptura com estas nefastas políticas de direita !

Estas são, sem dúvida, das mensagens mais fortes, e mais animadoras para o Povo Português, saídas do recente XVIII CONGRESSO DO PCP .

E foi no debate dessas e de outras mensagens de luta, de construção e de esperança, que se concentraram os 1400 Delegados, aliás na sequência do intenso trabalho preparatório anterior ao Congresso.

Sim, que os militantes dos PCP não se concentram, não senhor, na maledicência, na intriga partidária, no lambuzar das botas do “chefe” e dos candidatos a “chefes”… Os militantes do PCP não se engalfinham nas lutas intestinas em que, em geral, se engalfinham os outros partidos todos. Os militantes do PCP lutam e vivem por causas, por princípios e por convicções e não pelas cadeiras do poder e, ainda menos, para se serviram das cadeiras do poder. E quanto a alguns conhecidos arrivistas e trânsfugas – que um dia talvez tenham pensado no contrário – ei-los agora a servir de lacaios em casa de adversários e inimigos…

O PCP é e será um grande e patriótico Partido ! Contra ventos e marés e contra os augúrios de certos politiqueiros de arremedo que os há por todo o lado… Com os Trabalhadores e o Povo, com o PCP, “sim, é possível um Portugal melhor! ”. Com uma política alternativa e com uma alternativa política de que o PCP fará parte integrante quando o Povo Português quiser!

Mas, já agora, que assim se construa e depressa, que esta “malta” e estas políticas de direita estão a dar-nos cabo da vida e da paciência, e estão a comprometer a independência nacional!

BPP – UM AFRONTOSO ESCÂNDALO

O escândalo com o BPP, Banco Português Privado, para já e dos já conhecidos, é o pior e o mais afrontoso dos escândalos com bancos. Não, não tanto o da anunciada falência do dito mas quanto ao “plano” engendrado pelo (des)governo PS alegadamente para evitar “as ondas de choque sistémicas” como por aí repetem os papagaios do costume. Como se sabe, de uma assentada são 400 milhões de euros de crédito garantido através dos recursos financeiros provenientes do dinheirinho público dos nossos “chorados” impostos. E isto, note-se, para garantir as fortunas a cuja gestão se dedicava o BPP concebido como uma sociedade de investimentos de risco ou seja, para especular com risco… Quer dizer, enquanto o BPP deu lucros especulativos aos donos dessas fortunas, estes aproveitaram-se da situação. Agora, que a coisa deu para o torto, então agora vamos nós todos pagar para que os afortunados possuidores/especuladores dessas mesmas fortunas possam continuar a gozar delas, mas agora ainda mais à nossa custa!…

E também é nisto, na gestão de escândalos, que anda concentrado o grande “batedor” das políticas financeiras do (des)governo PS e ainda (des)governador do Banco de Portugal, que, pelos vistos, foi o último saber dos desmandos dos banqueiros… Esta coisa com o BPP é, repito, um afrontoso escândalo que, por si só, deveria provocar a demissão deste (des)governo !

POR CÁ, PCP E CDU TAMBÉM TRANSPORTAM A SEMENTE DA ESPERANÇA

Muito provavelmente, vai ser assegurada a coligação CDU para as próximas Autárquicas. E o PCP já decidiu que se vai apresentar listas para todos os Órgãos Municipais e assim será. Por isso, em Oliveira do Hospital, a verdadeira alternativa também passa pelo PCP e pela CDU. Aliás, os autarcas do PCP e da CDU têm dado sobejas provas de trabalho, honestidade e competência nas Autarquias de Oliveira do Hospital para onde foram eleitos pelos votos dos seus Conterrâneos. E as propostas verdadeiramente alternativas para o Concelho, essas propostas têm saído do PCP e da CDU também porque os seus activistas e representantes são aqueles que mais capacidade têm para ouvir e considerar aquilo que as Populações têm para dizer sobre as suas próprias necessidades. É uma questão de princípio e de estilo de trabalho.

Por tudo isso, e por mais ainda, em Oliveira do Hospital a esperança também está no e com o PCP e na e com a CDU.

João Dinis
Autarca da CDU – Oliveira do Hospital

LEIA TAMBÉM

Comentários aos resultados eleitorais em Oliveira do Hospital. Autor: João Dinis, Jano

Grande vitória da CDU na Freguesia de Meruge!  A nível municipal, porém, sai muito ferida …

Pensar a República. Autor: Renato Nunes.

Não há pensamento sem tempo livre. Os feriados constituem, por isso, uma oportunidade privilegiada para …