STJ revela que Sócrates preparava-se para viajar para o Brasil dois dias depois de ser detido

O juiz Carlos Alexandre informou o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) de que José Sócrates se preparava para viajar para o Brasil a 24 de Novembro, poucos dias depois de ter sido detido (22 de Novembro). No interrogatório que culminou com a sua prisão, José Sócrates deu ainda indicações que permitiram apreender equipamento informático e informação nele contido que havia sido retirado de sua casa e levado para outro lado. Os factos foram revelados ontem pelo STJ.

A viagem para o Brasil seria no âmbito da sua actividade por conta da Octapharma”, a multinacional farmacêutica com a qual tinha uma avença. Esta terá sido uma das razões que fundamentaram a aplicação da medida de prisão preventiva, pelo perigo de fuga e foi comunicada ao Supremo Tribunal de Justiça pelo juiz de instrução criminal quando foi ouvido no âmbito do pedido de “habeas corpus” do ex-primeiro-ministro.

Na audiência, o advogado de Sócrates rebateu este argumento, alegando que o seu constituinte se entregou. Ele sabia ao que vinha. Diz mesmo [o juiz] que ele estaria no Brasil se não tivesse sido detido. Isso não é verdade. Ele não está no Brasil porque não foi para lá. E podia ter ido. Estava em Paris e apanhava um avião. Tudo isto são lendas e narrativas”.

O juiz Carlos Alexandre confirmou, ainda, que antes da detenção de Sócrates, “verificou-se a retirada [entre os dias 20 e 21 de Novembro de 2014] de objectos, dispositivos informáticos” da casa do arguido que foram, entretanto, recuperados, “após informações fornecidas pelo mesmo em sede de interrogatório”. Esse facto serviu, porém, de fundamento para justificar o perigo de destruição de provas e de perturbação do inquérito. Segundo o Sol noticiou, em causa terá estado o facto de uma empregada do ex-primeiro-ministro ter retirado da sua casa de Lisboa um computador que, segundo o mesmo jornal, foi levado para a casa de um vizinho, onde também fazia limpezas.

Foto: rr.sapo.pt

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …

Subida de temperatura e risco elevado de incêndios no interior nos próximos dias

Onde de calor vai continuar, com as temperaturas a rondar os 30 graus

O calor vai continuar a fazer-se sentir no continente, com as temperaturas a rondar os …

  • Politicalex

    O Advogado foi a Paris, dizer-lhe que seria detido, logo que chegasse a Portugal. As fugas de informação não são só para jornalistas..! Pinto Monteiro, almoçou com José Spcrates, 3 dias antes, “para falar de livros”..! O PS anda caladinho e, Costa, deu ordens para separar a política da Justiça..! Só não sabe quem não quer saber..! Tudo é muito claro..Se ele estivesse inocente…ui o que por aí ia..! Que não ia ao Brasil para fugir, disso também não tenho dúvidas. Não adiantava grande coisa. Para já e durante uns tempos,, vai clamar inocência. Daqui a um mês quase não se fala até porque, isso, não é bom para o PS. Se o PS ganhar as eleições, aí, logo se arranja uma nesga..! O resto são fait divers…