Supremo rejeitou pedido de libertação imediata de Sócrates

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou hoje um pedido de libertação imediata do ex-primeiro ministro José Sócrates, em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora desde Novembro. O “habeas corpus”, indeferido pela 3.ª Secção do STJ, foi interposto por Jorge Domingos Dias Andrade.

José Sócrates, recorde-se, está indiciado dos crimes de branqueamento de capitais, fraude fiscal qualificada e corrupção.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …