Taxa de desemprego recua para 15,3 por cento no final de 2013

Taxa de desemprego voltou a cair pelo terceiro trimestre consecutivo. Instituto Nacional de Estatística dá conta de 826,7 mil pessoas desempregadas.

A taxa de desemprego voltou a cair no último trimestre de 2013, atingindo 15,3% da população ativa, e pela segunda vez registou uma queda homóloga e trimestral. De acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), havia 826,7 mil pessoas desempregadas.

Depois de ter atingido o máximo histórico no primeiro trimestre do ano (17,7%), a taxa de desemprego tem vindo a recuar, atingindo agora o valor mais baixo desde o segundo trimestre de 2012. Desde o segundo trimestre do ano que a taxa de desemprego está a cair. Do primeiro para o segundo trimestre, o desemprego caiu de 17,7% para 16,4%; do segundo para o terceiro, recuou de 16,4% para 15,6%; agora, a queda trimestral é menos acentuada, com a taxa a recuar de 15,6% para 15,3%.

“As saídas do desemprego entre os dois trimestres foram, em termos relativos, mais intensas do que as saídas do emprego”, nota o INE.

O INE conclui que a diminuição homóloga da população desempregada — de 923,2 mil para 826,7 mil — foi feita à custa da redução do número de desempregados entre os homens e as mulheres e em todos os grupos etários, em particular os que têm entre 15 e 34 anos. No grupo entre os 25 e os 34 anos, a queda foi de 34,7 mil e no grupo dos 15 aos 24 foi de 27,8 mil.

Destaca-se ainda a redução nos desempregados com o terceiro ciclo do ensino básico e nos que têm o ensino secundário e pós-secundário. O INE realça ainda a diminuição da população desempregada com origem no sector da indústria e construção e no sector dos serviços.

O INE dá ainda conta de um aumento da população empregada. No final do ano havia 4561,5 mil pessoas empregadas, o que corresponde a um aumento homólogo de 0,7% e a um aumento trimestral de 0,2% (mais 29,7 mil e mais 7,9 mil pessoas, respectivamente).

Em termos médios, o ano de 2013 encerrou com uma taxa de desemprego mais elevada do que em 2012. De acordo com o INE, a taxa foi de 16,3%, o que representa um aumento de 0,6 pontos percentuais em relação aos 15,7% registados em 2012. Ainda assim, o valor é inferior às previsões do Governo, que apontavam para uma taxa de desemprego de 17,4% em 2013. A população desempregada foi de 875,9 mil pessoas, tendo aumentado 1,8% em relação ao ano anterior (mais 15,8 mil pessoas). A população empregada registou um decréscimo médio anual de 2,6% (menos 121,2 mil pessoas).

publico.pt

LEIA TAMBÉM

Um morto em Viseu devido a acidente

Um homem de 35 anos morreu ontem à noite na sequência de um acidente na …

MAAVIM acusa Ministro da Agricultura de ignorância

O Movimento Associativo Apoio Vítimas Incêndio Midões (MAAVIM) acusou hoje em comunicado o Ministro da …