“Tentamos dar sorriso e bem estar a toda a gente”

Crianças, grávidas, doentes oncológicos e pessoas com os mais variados problemas de saúde não faltaram ontem à ação do “Hospital do Sorriso” realizada pelos terapeutas da Associação Portuguesa de Aromaterapia (APA) na Escola Secundária de Oliveira do Hospital. Uma ação que faz jus ao nome do projeto que representa a vertente social da APA que, na sua vertente científica procura aprofundar o estudo e a investigação sobre os óleos essenciais.

Destinada a pessoas carenciadas, a iniciativa do “Hospital do Sorriso” que, no primeiro domingo de cada mês tem passado por vários pontos do país, atraiu cerca de meia centena de oliveirenses que ali acorreram para beneficiar de uma multiplicidade de tratamentos e medicação de base natural, a título gratuito.

Possibilitar um “sorriso” a quem por ali passa é o objetivo maior do Hospital do Sorriso que, proporcionando um ambiente que prima pela serenidade e total entrega do utente às mãos do terapeuta, visa amenizar a dor e contribuir para o bem estar.

“As pessoas saem daqui com mais agilidade e felicidade no rosto”, referiu Raquel Costa, mentora do projeto “Hospital do Sorriso”, notando ser esta uma oportunidade para as pessoas tomarem conhecimento de “outra forma de tratamento” e de ao mesmo tempo alcançarem “mais bem estar e saúde”.

“Na primeira sessão as melhoras são significativas”

À frente de um projeto que em Oliveira do Hospital, contou com o contributo de 22 terapeutas e vários voluntários locais e da própria APA, Raquel Costa tem a registar a crescente procura dos cuidados da aromaterapia, sobretudo – conta – por parte de pessoas “bastante carenciadas quer a nível financeiro, quer de saúde”.

Numa primeira sessão, a especialista garante que as “melhoras são significativas”, sem que haja necessidade de o utente recorrer a “outro tipo de terapêutica, que muitas vezes tem efeitos secundários associados”.

O recurso ao aroma dos óleos essenciais está na base do “Hospital do Sorriso” que adequa o tratamento a cada caso em particular. Osteopatia, ventosoterapia, massagens, bioenergética – “um tratamento que equilibra o sistema imunitário e nervoso e potencializa a auto- cura individual”, explica – acupunctura, são algumas dos tratamentos que os vários terapeutas, credenciados em aromaterapia, estão habilitados a fazer. Tratamentos grátis só possíveis devido à estreita colaboração com empresas das áreas aromáticas e naturais que cedem os óleos e aparelhos usados nos tratamentos e a medicação que é entregue a doente.

Engana-se, porém, quem pensa que ali encontra a cura para a doença. “Não damos a cura a ninguém, mas fazemos com que o corpo reaja de forma positiva no combate à própria doença”, revela Raquel Costa, contando também que na área da aromaterapia “não há limitação de patologias”. Essencial é a realização de um diagnóstico que identifica os males maiores, bem como as situações do quotidiano a eles associados. Porque o segredo não está em tratar sintomas, mas antes “as causas”.

A passagem do Hospital do Sorriso por Oliveira do Hospital tem a assinatura do espaço Liliveda. Liliana Santos é proprietária do espaço, localizado na cidade oliveirense, que se destina a restabelecer o equilíbrio do corpo e da mente e, enquanto terapeuta associada da APA, teve a responsabilidade de organizar esta ação na cidade oliveirense. “Teve um desempenho fantástico”, referiu Raquel Costa, valorizando o facto de o concelho poder contar com o contributo do espaço Liliveda.

Primando pela itinerância e gratuitidade, o Hospital do Sorriso vai continuar a “distribuir sorrisos e bem estar” por vários pontos do país, sempre no primeiro domingo de cada mês.

LEIA TAMBÉM

Saúde em Oliveira do Hospital continua envolta em crise, utentes queixam-se e presidente da Câmara reconhece que solução não está nas mãos da autarquia

Uma utente não conseguia disfarçar a sua indignação por não ter, mais uma vez, conseguido a …

Coordenador do centro de saúde de Tábua alerta para consultórios sem lavatórios

PSD de Oliveira do Hospital quer atenuar encargos com medicamentos por parte das famílias mais carenciadas

O grupo de eleitos do PSD na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital apresentou hoje …