“Trabalharemos para ter resultado expressivo” em 2013

… dá como certa a renovação do convite a José Carlos Alexandrino e António Lopes e ambição de uma maioria absoluta em 2013.

“Trabalharemos para ter um resultado expressivo que dê margem ao PS para continuar a implementar o projeto de desenvolvimento e solidariedade que a todos contemple”, assegurou sábado à noite o reeleito presidente da Comissão Política do Partido Socialista de Oliveira do Hospital.

José Francisco Rolo falava assim, momentos após a contagem dos votos das eleições para a estrutura concelhia, à qual se recandidatou em lista única, e respetivas secções de residência. Um ato eleitoral, em que o líder socialista colheu o voto de 226 militantes, havendo registar 61 votos brancos e um nulo, num universo de 340 militantes em condições de votar.

“Relevo a grande mobilização, que demonstra que os militantes estão interessados na vida do partido e na vida política do concelho”, apreciou o socialista, elogiando também a forma “responsável e elevada” como decorreu todo o ato eleitoral.

Vencedor num sufrágio onde não contou com qualquer oposição, José Francisco Rolo está em condições de pôr em prática aquilo de que já tinha feito eco por ocasião do anúncio da sua recandidatura e que até já teve feedback positivo. Em concreto, o convite a José Carlos Alexandrino para uma recandidatura à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, e ao qual o presidente da Câmara Municipal já antecipou a resposta, quando no domingo, 10 de junho, deu conta da sua disponibilidade para o efeito. De pé continua também a intenção de convidar António Lopes para a recandidatura à Assembleia Municipal.

“Um trabalho não se deixa a meio e o bom trabalho é para continuar”, referiu José Francisco Rolo, notando que a CPS está agora legitimada para fazer as suas “escolhas autárquicas”, com o firme propósito de o PS conseguir um “resultado expressivo”, que na prática mais não é do que a desejada maioria absoluta. Uma ambição que também passa pela vitória do partido no maior número de Juntas de Freguesia possível, ainda que num futuro próximo, o universo das freguesias do concelho venha a ser reduzido.

Até lá, José Francisco Rolo dá como certa a disponibilidade do PS para continuar a dar “todo o apoio político a José Carlos Alexandrino, para que consiga concretizar o seu projeto autárquico”. O objetivo, sublinha, é de que o atual presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, avance para as autárquicas “com grande capacidade de mobilização e com grande potencial de vitória”.

No trabalho que se avizinha – “temos um grande trabalho pela frente”, referiu – José Francisco Rolo pretende uma aproximação às secções de residência também eleitas no último sábado. “Trabalharemos em duas áreas chave: o trabalho autárquico e de oposição ao atual governo”, afirmou o líder socialista, dando conta da sua intenção de continuar a denunciar as “medidas gravosas e a forma como têm impacto negativo na vida dos oliveirenses”. Do mesmo modo, Rolo, garante estar “na linha da frente das reivindicações dos projetos que carece concluir em Oliveira do Hospital”.

Para além da eleição da nova Comissão Política de Secção do PS, no sábado decorreu também a eleição para as três secções de residência. Agostinho Marques foi eleito em Alvôco de Várzeas, Pedro Campos foi reconduzido em Oliveira do Hospital e José Pinto saiu vencedor em Lagares da Beira.

Em matéria de eleição distrital, os militantes do concelho oliveirense centraram a sua preferência em Mário Ruivo (170), em detrimento de Pedro Coimbra (114). Um resultado que não foi reflexo da tendência distrital, que acabou por eleger Pedro Coimbra, com 55 por cento dos votos, para a Federação Distrital do Partido Socialista. Para além de vencer as eleições para concelhia de Góis, Lurdes Castanheira foi, também, reconduzida como coordenadora do Departamento Federativo de Coimbra das Mulheres Socialistas.

LEIA TAMBÉM

CDU apresenta queixa na CNE contra executivo e autarcas do PS oliveirenses por aproveitamento “eleitoralista, ilegítimos e antidemocráticos”

Depois do PSD, a CDU de Oliveira do Hospital enviou também uma queixa à Comissão …

CNE adverte Câmara Municipal de Tábua para que tenha em conta a lei dos deveres de publicitação de informações

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) recomendou ao presidente da Câmara Municipal de Tábua que …