Tricampeões. Autor: António Gonçalves

Como grande clube que é a história do nosso Sport Lisboa e Benfica é feita também de muitas derrotas, e nunca por nunca seremos invencíveis. Por isso podem, como já aconteceu tantas vezes, derrotar-nos! Mas este ano não nos tentaram derrotar…Não, isso era um dado garantido!

Este ano tentaram humilhar-nos, tentaram pisar-nos, tentaram rir-se de nós…Disseram que fomos do paraíso para o inferno e que não sairíamos de lá! Esqueceram-se é que o Inferno…bem o Inferno é a nossa casa e sabemos muito bem como lidar com ele!

Arranjámos um diabinho com um sorriso contagiante e fomos à luta e aqui estamos…TRICAMPEÕES e com possibilidade de no próximo ano escrevermos uma página que nunca escrevemos na nossa história! Percebem agora que estarão sempre mais perto de nos derrotarem se nos respeitarem?

Uma última palavra para ti Rui Vitória: Apesar dos meus 26 anos já vi muitos, muitos jogos no Estádio da Luz, por isso não é fácil eu ver algo de inédito…Ontem pela primeira vez nesses jogos todos, ouvi o público cantar em uníssono o nome do seu treinador! Acho que esse é o maior elogio que podes receber!

 

António GonçalvesAutor: António Gonçalves

Interno do internato Médico de Cardiologia Hospital Stª. Marta, Lisboa

De Lagares da Beira

LEIA TAMBÉM

Comentários aos resultados eleitorais em Oliveira do Hospital. Autor: João Dinis, Jano

Grande vitória da CDU na Freguesia de Meruge!  A nível municipal, porém, sai muito ferida …

Pensar a República. Autor: Renato Nunes.

Não há pensamento sem tempo livre. Os feriados constituem, por isso, uma oportunidade privilegiada para …

  • João Dinis, Jano

    E PLURIBUS UNUM

    Comecemos por lembrar o sofisticado lema do nosso Glorioso. Sim, glorioso “até debaixo de água”. Eis a sua passagem para Português que prefiro.”De entre muitos, UM !”. Mas também se pode passar mais livremente para “Um por todos – todos por um”.
    Lema sofisticado que vem de uma tal Virgílio Marão – poeta latino quase contemporâneo de Cristo – que no seu caso remete para as cores de uma salada, vejam lá bem. Mas os próprios EUA adoptaram este lema nas suas insígnias. E uma Prefeitura no Brasil, pelos vistos também o fez.
    Posto isto, esta época o campeonato correu bem.Aliás, não podia corrido melhor. Ganhámos ! E é isto que vai ficar para a História e a História fará essa justiça ao Benfica.

    Correcção de tiro:

    – Dizia Rui Vitória há uns dias:- ” Destaco que o Benfica terminou o jogo com 5 ou 6 jogadores na base de 20 anos de idade…”. Queria ele dizer que isso é bom para o Benfica. Correcção:- isso é bom para a SAD do Benfica…
    Mas aquilo que é bom para a SAD não é necessariamente bom para o clube Benfica. Desses 5 ou 6 jogadores jovens,quantos (e quais) deles vão estar a jogar no Benfica daqui a 3 ou 4 anos ? Nem um, sobretudo se confirmarem a categoria que agora começam a mostrar. E quem vai embolsar os “milhões” das respectivas transferências para outros clubes ? No essencial, foram e vão ser os accionistas da SAD pois os principais activos desta SAD são os passes dos jogadores. Aliás, são activos que os parasitas dos empresários partilham pessoalmente (ou mesmo sendo accionistas da SAD ou acumulando em ambos os tabuleiros…). E lá anda a formação nos escalões jovens a produzir mais “mercadoria” que o Benfica valorizará e que os empresários e os accionistas da SAD a seguir vendem… Boa viagem e sorte , Renato — que os jogadores continuam a ser a melhor coisa que há no futebol.

    Ai Jesus !

    Ganhámos coisas com ele, no Benfica. Sem dúvida. Mas eu acho que acabámos por perder outras mais coisas. Jesus fez grandes asneiradas em jogos concretos que o Benfica perdeu e, perdendo-os, perdeu pelo menos um campeonato e até uma final europeia. Desafios houve que o Gloriosos jogou sem um único jogador português. Negociatas…por trás destas opções.

    Agora, no Sporting, sempre foi dizendo que a prioridade era o campeonato e não a Champions. Perdeu o campeonato e a SAD do Sporting deixou de embolsar uns milhões na Champions. Fica no Sporting. Pois que fique e que o aturem por lá.

    • Lampião de honra

      Há 17 anos que o “Esportein” – Sousa Cintra dixit – é a equipa que melhor futebol pratica, em Portugal , Ibéria e arredores…não se cansam de dizer…
      Esta época, o galaró Jorge Jesus não se calou, nem um segundo, chamando a atenção para a excelência do futebol que punha em campo…
      Fazemos votos de que assim continue, no “Esportein”, por muitos anos: a lutar pelo 2º lugar, ou 3º – que é sua verdadeira vocação:colocar equipas a lutar pelo 2º lugar. Às vezes, a coisa corre-lhe bem.

  • Pentaderrotado

    Morte ao penta.