“Um Chá com… Bocage” em Lagares da Beira

Depois da realização que ocorreu na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, a iniciativa “Um Chá Com…” será agora levada até Lagares da Beira, procurando, desta forma, chegar a novos públicos e reforçar a colaboração entre estes equipamentos municipais.

Como habitualmente, “Um Chá Com… Bocage” contará com a participação do Rotary Club de Oliveira do Hospital e da Universidade Sénior Rotary.

Nesta homenagem ao poeta português Manuel Maria Barbosa du Bocage ouvir-se-á poesia lírica, satírica, erótica, desbragada e anedotas, no que promete ser um serão animado e um espaço de divulgação da obra do poeta escolhido, como tem vindo a acontecer nas sessões análogas.

Bocage, que também ficou conhecido pelo pseudónimo de Elmano Sadino, nasceu em Setúbal a 15 de setembro de 1765, e faleceu em Lisboa, a 21 de dezembro de 1805. Trata-se de um dos maiores poetas portugueses, mas também um dos mais mal conhecidos, uma vez que popularmente é mais lembrado pelo seu lado anedótico e de linguagem vulgar, muitas vezes pornográfica, em detrimento da restante obra.

Com uma vida marcada por dificuldades económicas, o poeta descobriu cedo o seu talento, e embarcou numa viagem ao Oriente, passando também pelo Brasil, onde deixou marca. Já em Portugal, ingressou na academia literária Nova Arcádia, onde usou o pseudónimo de Elmano Sadino, mas depressa se desentendeu com os seus pares e iniciou uma troca de sátiras entre eles, chegando a ser preso, numa altura em que havia também uma grande repressão política.

Bocage é considerado por Paulo Neves da Silva, como “o grande mestre da expressividade poética, construindo uma obra onde coloca a fluência e a clareza da prosa ao serviço da poesia. Poeta de grandes explosões e convulsões, consegue como nenhum outro a perfeita ressonância dos sentimentos num harmonioso equilíbrio de escrita, resultando em expressões dramaticamente apaixonadas e um espírito sempre no limite da emoção”. Um espírito conturbado, impaciente que animava ou petrificava auditórios.

LEIA TAMBÉM

5 Junho, 1443 – Dia, mês e ano da morte do abandonado infante D. Fernando – O “Infante Santo”. Autor: João Dinis, Jano

O infante D. Fernando, 8º e último filho (legítimo) de D. João I, viveu 41 …

RTP 2 transmitiu ontem documentário sobre a vida de um exilado político filho de Ervedal da Beira

A RTP2 transmitiu ontem o documentário realizado pela professora universitária brasileira Guiomar Ramos “Por parte …