1. A II série do Correio da Beira Serra fez dois anos no passado dia 15 de Março, mas comemora 20 anos de existência já no próximo dia 16 de Maio, mês em que será editada uma edição comemorativa. Na perspectiva da inovação constante, introduzimos na presente edição algumas alterações ao grafismo habitual do jornal, que esperamos sejam do agrado dos leitores.

 

2. Nestes dois anos – é este o período que agora tomamos como principal ponto de referência – acho que cumprimos o papel de um jornal que tem conseguido sobreviver à asfixia de um poder local que confunde informação crítica, actual e acutilante, com “forças de bloqueio”.

Um novo rumo para ter confiança no futuro…

3. Conseguimos também – e sobretudo! – escapar ao clima de medo que, realmente, se instalou no concelho de Oliveira do Hospital, onde, como um certo dia disse um autarca, “quem está com o poder come, quem não está cheira”.

4. A frontalidade do Correio da Beira Serra, associada à sua irreverência, continua a ter um preço muito elevado, num concelho onde ainda persiste um grande atraso cultural e uma grande dependência do caciquismo fomentado pelo poder local – uma das maiores “agências de emprego e de favores da região”. Mas, como um dia disse Benjamim Franklin “aqueles que são capazes de trocar a sua liberdade por alguma segurança, não merecem nem a liberdade nem a segurança”.

5. A partir do próximo dia 12 de Abril – uma espécie de Dia D para o PSD local –, Oliveira do Hospital tanto quer ter “confiança no futuro” como precisa de “um novo rumo”. Demos a conhecer os principais actores políticos e fomos protagonistas na mediatização de um acto eleitoral que deverá abrir uma nova página no futuro da história política local.

6. Com o peso que os órgãos de comunicação social têm hoje na sociedade, também o Correio da Beira Serra quer ter confiança no futuro. Nem que para isso, seja preciso encontrar um novo rumo…

Henrique Barreto

LEIA TAMBÉM

Os jornais também se abatem

Os jornais também se abatem, e esta é a última edição impressa do CBS – um jornal com cerca de 20 anos de história que fundei na Primavera de 1988 e cuja publicação suspendi em 2002.

Correio da Beira Serra suspende publicação em Junho

Hoje, trago más notícias. O Correio da Beira Serra, em versão impressa, vai suspender a sua publicação.