Uma dúzia de toneladas de mel vindo da China apreendidas em Seia

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu na sexta-feira a apreensão, em Seia, de cerca de 12.600 quilogramas de mel, proveniente de Espanha e originário da China, “por falta de registo de operador/receptor para trocas intracomunitárias”.

A ASAE adianta ainda, em comunicado, que o mel foi apreendido durante uma operação desencadeada na terça-feira pela Unidade Regional do Centro, no âmbito da segurança alimentar, a um armazém ilegal no concelho de Seia, distrito da Guarda.

A intervenção da ASAE, que incidiu sobre um local de armazenamento e distribuição, permitiu “evitar a entrada no mercado de produto que se apresentava com falta de requisitos”, adianta a nota. Na mesma acção foram também apreendidos 454 quilogramas de medicamento de uso veterinário para tratamento de varroa (parasita que infecta as abelhas).

O valor total da apreensão ronda os 34.000 euros e a ASAE instaurou um processo de contra-ordenação.

LEIA TAMBÉM

Feridos nos fogos que afectaram Oliveira do Hospital estão isentos de taxas moderadoras e têm medicamentos gratuitos

As vítimas dos incêndios de Junho e de Outubro do ano passado, que afectaram, entre …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Dois detidos por crime de tráfico sexual em Seia

Um homem de 45 anos e uma mulher de 42 foram ontem detidos por suspeita …