Vacina

Vacina Prevenar 13 para meningite e pneumonia gratuita a partir de Junho para crianças nascidas desde 1 de Janeiro

A vacina Prevenar 13, que previne doenças como a meningite e a pneumonia, vai ser gratuita nos centros de saúde para as crianças nascidas a partir de 1 de Janeiro deste ano e não de 1 de Junho, como inicialmente foi anunciado, avança o jornal PÚBLICO. A Direcção-Geral da Saúde esclarece que a vacina passa a integrar o Programa Nacional de Vacinação (PNV) e começará a ser dada nos centros de saúde a partir de 1 de Junho de 2015. Será a 13ª vacina deste programa que arrancou em 1965. A medida custará ao Estado 2,5 milhões de euros, só este ano.

A vacina será também gratuita para “os adultos com doenças crónicas e considerados de alto risco, nomeadamente os portadores do vírus VIH e de certas doenças pulmonares obstrutivas, além do cancro do pulmão”. As restantes crianças e adultos passam a ter um desconto de 15 por cento no valor da vacina.

As crianças devem começar a ser imunizadas aos dois meses de idade, mas Luís Varandas, presidente da Comissão de Vacinas da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP), explicou ao PÚBLICO que as crianças podem fazer a Prevenar “em qualquer altura”. “O esquema vacinal é que será diferente” do habitual (primeira dose aos dois meses, segunda aos quatro e a última aos 12 ou 15 meses). Caso a criança só comece a ser vacinada a partir de um ano de idade, deve fazer apenas duas doses, e, a partir dos dois anos, uma dose, tal como os adultos em geral, acrescenta.

A vacina, que previne doenças provocadas pela bactéria pneumococo, está no mercado desde 2001 e previne doenças provocadas pela bactéria pneumococo. É dada em três doses que custam actualmente cerca de 180 euros.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …