À Boleia Autor: André Duarte Feiteira

“Varinhas Mágicas…” Autor: André Duarte Feiteira

A política é várias vezes descrita pela generalidade das pessoas como algo enfadonho, inerte e demasiado formal. Apesar de reconhecer que múltiplas vezes o é, também reconheço que é imprescindível num sistema democrático, e, apesar de ter que ser levada com seriedade e muita responsabilidade, por vezes, também acaba por ter a sua pontinha de diversão, e, a um vasto número de pessoas, proporciona mais gargalhadas que filmes cómicos.

Afincadamente padeço da mesma síndrome, sem querer, dou por mim a constatar medidas, declarações e outros afins políticos, e acabo a pensar “porque razão não fazem um filme? É que a parte difícil, escrever o guião com piada, já foi feita”.

Vou, então, partilhar alguns excertos de possíveis filmes.

Recentemente, foram pagas quotas do Partido Socialista, no Distrito de Braga, a pessoas que já faleceram! Até a mim me apeteceu sair de casa e filiar-me no Partido Socialista – pelo menos sei que até morto irei continuar activo e que o partido não se esquecerá de mim!

São estes mesmos pagantes de quotas, que agora até têm simultaneamente dois patrões, que contribuem para que a comédia esteja sempre presente. Foram eles que, no mandato de José Sócrates, atiraram o País para a bancarrota, recorrendo, desta vez, à tróica, relembrando o que no passado fizeram por mais duas vezes. Os mesmos que depois, por não constituírem governo, pensam que a culpa lhes é alheia e que existem varinhas mágicas para resolver a miséria que criaram (penso que na cabeça deles só se lá vai mesmo com magia, já que, enquanto oposição, propostas e alternativas foi algo que não apresentaram).

A grande qualidade que atribuo ao Partido Socialista é a disciplina política, pois todos trabalham para o bem dessa colmeia partidária, só não se apercebem (ou não querem) que a maioria do povo até nem gosta de mel!

Até aqui, no interior de Portugal, as políticas socialistas reflectem a aprendizagem adquirida no Largo do Rato. Perto de nós, a vizinha Câmara Municipal de Seia leva, apenas, o simpático endividamento de 57 milhões de euros (a avaliar pelo aumento da dívida, quer-me parecer que devem pensar que chegando aos 100 milhões a dívida desaparece, talvez também tenham varinhas mágicas!).

Tábua e Oliveira do Hospital são semelhantes no índice de endividamento, tendo a última 7,5 milhões de dívida e a primeira 10 milhões. Por sua vez, Arganil, um pouco melhor, está com uma taxa de endividamento na ordem dos 6 milhões. O que me espanta aqui não é a proximidade que os três Concelhos têm relativamente à divida pública, mas de onde vem a dívida. No caso de Arganil, que até tem desenvolvido bastantes projetos públicos, sendo exemplos a requalificação da antiga cerâmica, o centro empresarial e tecnológico de Arganil, o parque verde e urbano sub-paço, as piscinas municipais aquecidas, entre outros, é, dos três, curiosamente, o Concelho que tem a dívida mais baixa. Relativamente a Tábua e Oliveira do Hospital, não sei como contraem dívida, já que obras públicas, que acrescentem qualidade de vida a quem por lá e por cá reside, nem sinal delas…

O que me intriga e faz pensar é: de que maneira o anterior Presidente da Câmara, Professor Mário Alves, conseguiu fazer a requalificação da zona urbana de Oliveira do Hospital, o Parque do Mandanelho (com um dos maiores palcos a nível Distrital), toda a reestruturação do Largo Ribeiro do Amaral (desde o café Central passando pelo estacionamento subterrâneo e por toda a área envolvente), estradas (bem, a nível de estradas nem é bom comparar as que temos com as que já tivemos) … tudo isto e muito mais. Será que o Professor Mário Alves também tinha varinhas mágicas?  É que pelo que vou ouvindo na rua, apesar disto, ainda deixou 2 milhões na Câmara Municipal a este executivo, dos 5 milhões que tinha contraído de empréstimo.

Lendo o que escrevi, posso concluir que, afinal, certas situações dão para rir, dignas de uma boa comédia.

Refletir sobre o que é e o que foi o nosso Concelho deveria ser uma preocupação responsável de todos. Para que fique claro, a política é o confronto de ideias e de ideais e a arte de saber governar, e eu sou e serei a favor que o dinheiro público seja gasto com a causa pública. Mas caso se verifique que o desenvolvimento de um Concelho passa por festas consecutivas, pela popularidade conjunta e pelas inaugurações do faz de conta, então, as minhas palavras serão, também, motivo para um filme de comédia.

Como não temos varinhas mágicas para profetizar o futuro, posso dar sempre a minha a opinião. E essa é: Eu é que não vou em banhos, nem acredito em varinhas mágicas! Ainda assim, se as há, utilizem-nas para combater esta inércia.

Autor: André Duarte Feiteira

LEIA TAMBÉM

O abandono a que a nossa região está entregue já não se resolve no mero debate político partidário. Autor: Luís Lagos

Às vezes, fruto da existência de algumas mentes menos iluminadas, desorientadas ou travadas pela ignorância, …

Tomada de posse dos órgãos autárquicos marcada pela tragédia dos incêndios e presidente reeleito aposta em “fazer renascer Oliveira do Hospital”

Não foi uma tomada de posse normal dos novos responsáveis pelo munícipio. Os discursos inflamados …

  • Professor

    Este rapaz não sei onde vai inventar estes números.
    Faça favor vá a http://www.portalmunicipal.pt (um portal oficial do seu Governo) e veja lá a divida por habitante de cada concelho.
    Para sua informação a dívida de Arganil é de 555,25 euros por habitante;
    Tábua – 875,27 euros por habitante e Oliveira do Hospital e de apenas 366,88 por habitante.
    Veja se ao menos faz os TPC em condições!

  • Patrícia Figueiredo

    Senhor “Professor”, veja se aprende em vez de tentar ensinar, os números aqui apresentados, obviamente, são da dívida total…já agora faço um reparo, sai de OHP à 6 anos, quando regresso, não noto a mínima diferença de quando parti…é muito mau! Parabéns André, há quem diga o que as pessoas querem ouvir, e há quem diga o que a realidade(racional) apresenta.

    • Professor

      Cara “Patrícia Figueiredo”
      Os dados apresentados também são da dívida total. Não sei onde é que os foi buscar. Diga lá qual é a fonte. A minha é a mais transparente possível: o portal do seu Governo – http://www.portalmunicipal.pt
      Aliás como toda a gente sabe, por exemplo, a Câmara de Tábua, está intervencionada. Tem lá um técnico a ditar o que se pode ou não gastar, e a de Arganil pelo caminho que leva também pode ir pelo mesmo caminho, por isso é muito infantil estar a fazer esta comparação.

      • Patrícia Figueiredo

        Senhor “Professor”, uma coisa é ser brutinho, outra é demonstra-lo em público! Nesse mesmo http://www.portalmunicipal.pt, escolha a opcção “divida total” e veja os dados. Já que português já eu vi que não percebe.

        • Engenheiro

          Patrícia,
          Até pode ter algum interesse em querer manipular os dados que estão no Portal da Transparência.
          Contudo, em estatística há que respeitar regras basilares – não se pode de forma alguma comparar valores absolutos que refere, pois os concelhos são diferentes, quer na dimensão, quer na população, no investimento, entre outros aspetos.
          Por exemplo, seria lógico comparar os valores absolutos da dívida da CM de Coimbra e de Oliveira do Hospital? De certeza que não!
          Para que os dados sejam comparáveis, de forma séria, há que os relacionar com os número de habitantes.
          Vejamos os mesmos dados tratados graficamente, à esquerda em valores relativos e à direita em valores absolutos.

          Tirem as vossas conclusões.

          • Engenheiro
          • sala de pasto

            Parabéns André, o teu texto até técnicos em estatística põe a trabalhar, é pena que não dêem conta dos exageros que nem estatística há que resista, como foi o aumento da água e saneamento,

      • Sala de pasto

        O Sr Professor fez a prova? Está desempregado? É candidato a algum lugar na câmara? É que estão lá tantos professores e só de lá saem asneiras.

  • Amândio Ribeiro

    É bom saber que há jovens a pensar neste concelho. Não se preocupe caro André, nasceu uma piquena em Avelar, parece que vai resolver todos os nossos males! Pior que este executivo? só o outro tolo a tomar banho..

  • Politicalex

    De facto isto caiu num rídiculo…e lá vão eles com as “televisões” atrás, confirmar a “Boa Nova”!!!

  • Acabado Silva

    Caro André,

    Por falar em filmes cómicos poderia referir o próprio PSD:
    Lembra-se de construírem rotundas faraónicas (empresário, Bobadela, Hospital), sabe quanto gastaram?
    Lembra-se de construírem o Parque de Mandanelho com um palco de qualidade muito discutível, sem melhorarem significativamente todo o anfiteatro e esquecerem-se do sistema de rega?
    Lembra-se de criarem ruas que mais parecem as avenidas do Bairro Alto?
    Lembra-se de quanto foi o empréstimo (não foram 5.000.000€) que foi pedido pelo executivo PSD? Sabe quem o está a pagar?
    Sabe quanto ficou por pagar das obras que foram construídas pelo executivo PSD?
    Sabe quem assinou o contrato ruinoso com a Água do Zêzere e Côa?
    Lembra-se de eleições concelhias em que andavam a transportar “velhinhos” para votar – imagino como foram filiados e o que lhes prometeram?

    Lembra-se de criarem um movimento de independentes desavindo com a concelhia para se combaterem internamente?
    Lembra-se dessa campanha eleitoral e o que diziam uns dos outros?
    Lembra-se dos administradores da banca portuguesa e a que partido pertencem?
    Lembra-se do que esses banqueiros “investiram” na candidatura do Cavaco, apenas para fins beneméritos, penso eu?
    Sabe por acaso quem decide o encerramento dos serviços em Oliveira do Hospital? Não é a Câmara, mas sim o Governo, que por coincidência é sempre do PSD – Zona Agrária, Portugal Telecom, EDP, Tribunal, Escolas (…)?
    Para finalizar, apenas recordo a banhada que levaram nas eleições, esse foi maior e o mai vistoso banho público que há memória por estas bandas – veja lá que ainda há alguns que não se recompuseram de tanta água terem metido.

    • Sala de pasto

      Para gastar está cá o PS, esteja descansado.
      Em vez de estar para aqui a escrever asneiras, porque não vai ver a acta da câmara de 06/08/2013. Depois, limpe o cu ao que escreveu.

    • Convidado

      Realmente é muito conveniente o André se esquecer disto tudo. Ou é esquecimento, ou é falta de inteligência. Tendo em conta a forma como escreve, é natural que possamos suspeitar que seja a segunda.

  • Politicalex

    “Acabado Silva” Sim, sim. Não disse mentira nenhuma. Cá para mim, podiam juntar as duas misérias e fazer uma coligação para as próximas. O PSD é o que se sabe. O PS, pelo andar da carruagem vai ficar pior que um chapéu de um pobre…O que me anda a preocupar é quem vamos pôr na Câmara daqui a uns tempos..! Sim que isto dificilmente chega às eleições…

    • Sala de Pasto

      Está aqui o Zé Manel.
      Põe estes a um canto.

  • PedMiguelGarciaGomes

    ó feiteira, tu que tens este jornal pra ti e para o lopes, o que achas do TEU secretario de estado do PSD e do desporto vir inaugurar dois relvados sinteticos a tábua, porra logo 2 !!!
    então e as grandes festas em arganil, a ficabeira e feira so montalto, tudo feito pelo psd: lá as festas são boas e recomendam-se e… dão lucro não é? e o cartaz, não é catro pois não?
    festas festas era em vila franca no tempo do jano, e que o outro criticavam depois de lá ir , participar, beber e vir embora. rico vinho !

    • Amândio Ribeiro

      Em Ohp, só num mandato inauguraram 3 sintéticos, Nogueira, OHP, Lagares…Festas em Arganil, pelo que me consta, não são pagas com o dinheiro dos munícipes!

      • santapaciencia

        Nu mandato três sintécticos? Vê se és honesto.

        E as festas em Arganil quem é que as paga? Ai não é o municipio? Os The GIFT e todos os concertos são à borla. Queres ver que é alguns milhões por lá armado em benemérito? Foste a Nelas à Feira dos Vinhos? Só o espetáculo de sábado custou mais de 30 mil euros. E a Festa do Avante quanto custa? Só em terrenos, para alargar a festa, o PCP anunciou que vai gastar mais 950 mil euros.

        Coitados de vocês todos. Metem dó. Se não têm inteligência para fazer oposição, como é que querem tomar conta de uma câmara? A mandar bitaites? Isso é desporto naciona. Beijinhos e Abraços

        • Pouca paciência

          Meu caro, quem quer festas paga-as, já chegam os impostos para tirarmos o País da crise,ter agora que levar com mais este embate da água para pagar os excessos que estas nulidades que estão na câmara fazem.
          Sim os sintéticos foram feitos no anterior mandato, e estão agora a ser pagos com o dinheiro da água.
          O que os outros gastam, a eles lhes diz respeito, já a festa do Avante, costuma ser bastante lucrativa, assim fossem as do queijo, dos forais, Expoh, etc.
          Paciência, já temos muita, mas parece que por pouco tempo. O Lopes está a tratar disso.

  • Politicalex

    “Santa paciência”, mesmo !!! O PCP vai comprar o terreno mas é com dinheiro dos militantes.Já anunciou uma campanha de fundos. Não duvido que vai conseguir o dinheiro. Antigamente faziam-se festas para arranjar dinheiro. Como o PCP faz com a do Avante. Agora só se faz festas se houver dinheiro público,isto é donativos da Câmara. Sabe Deus o que acontece ao dinheiro…Em boa verdade com esta Câmara foram 2 sintéticos.Lagares e Oliveira. O de Oliveira sabe Deus como foi feito…a correr porque havia eleições, com “bola prá frente” “e todos à molhada”…

  • Sindicalista

    O PCP tem muito dinheiro.
    O princípio basilar do Comunismo é isto mesmo, dirigentes ricos e o resto do “povo” vive “feliz”com a sopinha dos pobres que os “grandes” Comunistas lhes oferecem.
    Já agora, com o lucro do Avante que profissionalizem os sindicalistas para que, o dinheiro dos nossos impostos não sirva para pagar os ordenados da atividade sindical.

    • JPCRUZ

      ainda bem que o PCP dá muito que falar e muita dor de corno também

  • Politicalex

    Quais impostos pagam aos sindicalistas? A quais? Quando não há argumentos inventa-se.
    Tem 20% da população Portuguesa que se sentiria feliz se tivesse para a sopa.Não tens lido que chegam aos hospitais com a “doença” da fome? Não sei como há quem consiga ser tão pilantra e para justificar um “emprego” esse sim, pago com os impostos, seja capaz de dizer tais baboseiras…

    • Dirigente Sindical

      Quem paga o ordenado a todos os dirigentes sindicais que são funcionários públicos?

      Ainda hoje vi cantarem o “Pai Nosso” adaptado a Hugo Chavéz, simplesmente ridículo… A maioria das pessoas que o idolatram vivem em condições bem piores do que a dos portugueses.

      É indiscutível que há fome em Portugal, mas em contrapartida há muito boa gente que vive na sombra da Segurança Social sem que dela realmente necessite.

      Para finalizar agradeço o adjetivo de pilantra e o emprego público que me está a facultar. Esse argumento é caraterístico de alguém que vê na Democracia e na liberdade de opinião o obstáculo ao regime totalitário que tanto ambiciona.

  • Politicalex

    Uma pessoa de bem nem diz certas aleivosidades. Os sindicalistas funcionários públicos têm os mesmos direitos dos privados. Os funcionários públicos descontam para os sindicatos como os outros e pagam as despesas dos sindicalistas como os outros. No limite os dias a que têm direito pagos pela entidade patronal. Isso comparado com os Boys é o quê?…Arranja melhores argumentos…

    • Sindicalista

      Os dirigentes sindicais que são funcionários públicos são destacados para o exercício da atividade sindical e continuam a ser pagos pelo Ministério a que pertencem, logo são pagos com o erário público e progridem na carreira como se estivessem no desempenho das suas funções.
      Quer exemplos? Poderia até dar exemplos de muitos que são militantes do PCP.
      Atenção que eu sou favorável à atividade sindical, mas não concordo que essa atividade seja politizada.

  • Politicalex

    SE o contrato lhes concede, tanto melhor.O que eu sei da lei é que têm 4 dias por mês.Se negociaram melhor, honra lhes seja…

    • Sindicalista

      Uma coisa é ser-se dirigente sindical, que é o caso a que me reporto, outra coisa é ser-se delegado sindical que é o que está a referir.

  • Emqueficamos?

    A noticia do Beira Serra em Julho sobre a divida da câmara. É favor lerem com atenção.

    http://correiodabeiraserra.com/oliveira-do-hospital-com-divida-municipal-per-capita-inferior-a-metade-da-media-nacional/

    • Já cá havia poucos!

      “Tábua e Oliveira do Hospital são semelhantes no índice de endividamento, tendo a última 7,5 milhões “.
      “A autarquia de Oliveira do Hospital tinha uma dívida global de 7,55 milhões”.

      Tem razão, aqui esqueceram-se de 0,05 milhões. E se fosse dar banho ao cão?

  • Politicalex

    Não insistas.Os delegados têm 10 horas mês.Sindicalistas apolíticos??? Pois. Ao tempo que eu te tinha percebido…Lê o Brecht. Um dia destes “apalpam-te”. Só que quando descobrires já é tarde…Já tens a UGT que para incautos é um pouco isso.Para quem sabe é a muleta do PS e PSD, fundada com os dinheiros com a mesma origem que foi o PS…