Vereador do PSD não quer oferta de 250 almoços a turistas

 

“Discordo frontal e totalmente daquela tese de que há 250 pessoas do exterior a quem a Câmara Municipal vai pagar o almoço”, afirmou o vereador do PSD Mário Alves na última reunião do município oliveirense, numa altura em que o executivo colocava à votação uma proposta relativa ao subsídio a atribuir a cada artesão, que vai participar na 20ª edição da Feira do Queijo Serra da Estrela.

Contra a intenção de redução do subsídio de participação de artesãos num certame que foi alargado para dois dias, o antigo presidente da Câmara de Oliveira do Hospital não tardou em apontar o dedo ao executivo municipal, pelo facto de tencionar brindar duas centenas e meia de visitantes com um almoço.

“Discordo que se corte naqueles que dão corpo à feira e que se ande a dar para quem cá deveria deixar dinheiro”, observou Mário Alves, considerando que tal ato consiste em “despejar dinheiro público, em benefício dos privados”.

Notoriamente contra a medida, Alves chegou a comparar a intenção de José Carlos Alexandrino aos “comícios dos partidos”. “Hoje, as pessoas já não caem nessas ‘pardaladas’ que alguns presidentes de Câmara têm promovido para gasto do dinheiro público”, asseverou.

Recetivo à alteração dos subsídios a atribuir aos artesãos, o presidente da Câmara Municipal referiu que a oferta do almoço representa um contributo para as pessoas que vão passar dois dias em Oliveira do Hospital.

“Por seis euros e meio, estamos a criar um conjunto de potenciais clientes”, considerou o autarca, observando porém a falta de capacidade hoteleira do município para acolher os turistas que – segundo adiantou – vêm de vários pontos do país. “As unidades hoteleiras do concelho vão estar esgotadas nos dias da feira”, constatou, realçando que “isto é um investimento e uma perspetiva de ver as coisas”.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …