Volta a Portugal reafirma desporto no concelho

Havendo já um “compromisso verbal”, desde o ano anterior, as ruas oliveirenses receberam uma prova com “características diferentes de uma partida”.

Os 149 ciclistas percorreram 200,5 quilómetros e passaram ainda por “uma etapa com um prémio de montanha”, comentou o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH).

José Carlos Alexandrino salientou a ”organização irrepreensível” da 74.ª Volta a Portugal em Bicicleta Liberty Seguros e a dificuldade da “rampa de Santa Ovaia” e disse estar “terminada mais uma etapa para a divulgação de Oliveira do Hospital no mundo”.

O presidente da CMOH agradeceu a toda a população pelo “sucesso” da prova, referindo que “as pessoas aderiram em massa à maior festa do povo”, mostrando as mais-valias do concelho.

Com um investimento de 40 mil euros por parte da CMOH, a chegada da Volta a Portugal a terras concelhias como Lagares da Beira, Meruge, Nogueirinha e Lagos da Beira, “superou muito” as expectativas.

Sendo também “uma forma de a economia local se tornar mais forte”, José Carlos Alexandrino referiu que “os objectivos foram completamente conseguidos”.

“o desporto funciona como uma escola”

Oliveira do Hospital conta com “uma grande variedade de associações desportivas”, que a CMOH pretende continuar a apoiar, nomeadamente Grupos Culturais e desporto de formação, tendo como principal “esforço que o desporto chegue também a pessoas mais idosas”.

Apesar de alguns cortes no desporto sénior, José Carlos Alexandrino admite que “continuam os apoios na formação”, já que “o desporto funciona como uma escola”, retirando muitos jovens “de algumas vidas”, primando pelo “bem-estar com saúde”.

O Presidente da CMOH reafirmou que “o homem não vive só de obras” e que é necessário haver mais jovens no concelho que lutam por “outros horizontes”.

Explicando que “um cidadão não é de partes, mas deve ser um todo”, José Carlos Alexandrino reforçou que o desporto faz um “trabalho extraordinário na formação das personalidades”, tornando os jovens “melhores cidadãos” e com valores mais definidos.

Renata Rodrigues

LEIA TAMBÉM

GNR GNR deteve mais de uma centena de pessoas e apreendeu droga e armas de fogo

Acidente com camião corta IP3

Uma colisão entre um veículo pesado de mercadorias e outro ligeiro, também de mercadorias, no …

João Dinis acusa CM de Oliveira do Hospital de “negligência continuada” em estrada municipal

O membro da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca …