XIII Torneio Aberto de Ténis de Mesa contou com meia centena de atletas

Com organização do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) em parceria com o Agrupamento de Escolas da Cordinha e a Associação de Ténis de Mesa de Coimbra, o torneio contou com mais de meia centena de atletas inscritos provenientes dos distritos do Porto, Aveiro, Vila Real, Viseu, Coimbra, Guarda, Leiria e Lisboa.

Da parte da manhã decorreu a prova de juniores que consagrou Miguel Pinto, atleta do Dragões Valboenses (Gondomar), como grande vencedor ao derrotar na final Jorge Loureiro, do AE Mundão (Viseu). O último lugar do pódio foi ocupado pelos jovens Rodrigo Mendes e Hélder Almeida, ambos do AE Mundão, equipa que venceu a prova colectivamente.

Para a parte da tarde estava agendada a realização da prova sénior. Com a presença de três atletas estrangeiros (um russo, um ucraniano e um belga) e de vários jogadores com ranking da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, previa-se um torneio muito disputado e com grandes jogos.

Depois de disputada a fase de grupos, que apurava os respetivos vencedores para o mapa final, o torneio entrou na fase decisiva com a realização das várias eliminatórias, que acabaram por apurar para a final o segundo e o quinto cabeças-de-série. Jorge Tito, da ACM Coimbra, e Afonso Loureiro, do CC Currelos, chegaram ao encontro decisivo depois de vencerem nas meias-finais Andrey Klimachev (CCPOH) e António Silva (ACROF), respectivamente. Na grande final o atleta de Coimbra mostrou-se intransponível e acabou por vencer, com alguma naturalidade, o atleta do concelho de Carregal do Sal, por 3-0.

Com esta vitória, Jorge Tito foi premiado com 120 euros, cabendo a Afonso Loureiro 60 euros. A arbitragem da final esteve a cargo do credenciado António Coelho, também ele alvo de muitos elogios pela sua prestação neste torneio. Colectivamente, a vitória coube à equipa do CC Currelos.

Com a realização deste torneio, que contou com o apoio do município oliveirense e da junta de freguesia de Ervedal da Beira, termina a época desportiva 2011/2012 para o Clube de Caça e Pesca. Uma época considerada “positiva” e que fica marcada pelo 7º lugar obtido no campeonato nacional da 3ª divisão. Esta classificação permite ao clube oliveirense disputar pelo 7º ano consecutivo o campeonato organizado pela Federação Portuguesa de Ténis de Mesa.

LEIA TAMBÉM

O Bava da Bola

Um tal Bava, Zeinal de primeiro nome, foi presidente executivo durante anos da PT. Em …

Aquela máquina…

Dois golos de Cristiano Ronaldo e um de André Silva asseguraram a vitória de Portugal …