Home - Últimas - 13 anos depois, jovem foge de instituição para regressar a casa dos pais em Viseu

13 anos depois, jovem foge de instituição para regressar a casa dos pais em Viseu

Filipa, natural de Tabuaço, em Viseu, foi retirada aos pais quando tinha apenas quatro anos e colocada em instituições. Agora, mais de uma década depois, aos 17 anos, fugiu da Misericórdia de Resende – há quase um mês – para regressar a casa dos progenitores, conta a TVI24.  Em 2019, a rapariga já tinha fugido da instituição, ficando “desaparecida quase dois meses”.

Ao canal, a jovem disse que quer estar ao pé dos meus pais. “E nunca me deixaram estar ao pé deles”, conta. Já a mãe, Anabela, sublinhou que Filipa “apareceu em casa cheia de frio, toda suja e cheia de fome”, acrescentando que a adolescente “vai estar ali [em casa] enquanto puder”.

Contudo, na passada quarta-feira, Filipa recebeu a Guarda Nacional Republicana, que lhe apresentou um mandado do Ministério Público para esta regressar à instituição. “Perguntei o que eles queriam e disseram que me iam levar à força. Disse que não ia à força, porque senão me ia matar”, conta.

Os pais de Filipa tiveram sete filhos, sendo que os primeiros três foram entregues para adopção e os restantes foram entregues a casas de acolhimento. A família vive numa casa degradada.  Ainda assim, Filipa vive com medo que a obriguem a separar-se da mãe e regressar à instituição.

LEIA TAMBÉM

Gouveia oferece dois bilhetes com desconto de cinco euros no comércio local e sorteio de dez mil euros em prémios

O município de Gouveia laçou uma campanha, que se prolonga até ao dia 2 de …

Natal na área da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela oferece animação e procura recuperar tradições

A Serra da Estrela conta com festividades alusivas a esta época que não esquecem as …