Home - Últimas - Fuentes de Oñoro voltou a reduzir imposto predial para ajudar as famílias e empresas

Fuentes de Oñoro voltou a reduzir imposto predial para ajudar as famílias e empresas

Com o objectivo de “ajudar a atenuar” os “efeitos devastadores” que o coronavírus tem causado economicamente tanto à população como às PME e aos trabalhadores independentes, que sofreram “reduções significativas nos seus rendimentos”, a Câmara Municipal de Fuentes de Oñoro, ao lado de Vilar Formoso, aprovou uma redução para todos os residentes do do Imposto Predial, que entrará em vigor no ano fiscal de 2021. Esta medida pressupõe uma poupança de 43 euros por contribuinte.

Concretamente, o que foi aprovado na passada segunda-feira na sessão plenária da Câmara Municipal a que o executivo levou esta proposta de redução do IBI (que já tinha avançado pouco depois de o estado de alarme ter sido decretado) foi uma redução da taxa de imposto para bens de natureza urbana, de 0,80 por cento para 0,65 por cento. A nível prático, esta redução significará uma poupança para cada contribuinte de cerca de 43 euros.

A Câmara Municipal sublinha que esta é a segunda vez que o IBI é reduzido no município em menos de dois anos, uma vez que também foi aprovada uma redução semelhante para 2019 (naquela que foi a primeira redução do IBI no município em 23 anos), passando nessa altura a taxa de imposto de 0,95 por cento para 0,80 por cento. No total, cada contribuinte pagará, em 2021, cerca de 90 euros menos do que pagou em 2018.

A Câmara Municipal salienta que apesar desta dupla diminuição dos rendimentos do imposto predial (no total deixará de receber pouco mais de 80 mil euros), continuará a cumprir o objectivo de estabilidade orçamental, “devido às políticas de poupança e contenção da despesa pública que conduzem esta Sociedade Municipal como núcleo central da sua equipa governamental”. Para o Consistório de Fuentes de Oñoro, o “impacto directo e grave” a nível económico da crise do coronavírus “dependerá em grande medida da mobilização de todos os recursos disponíveis por parte de todas as administrações públicas, com o objectivo de proteger o emprego, manter o tecido empresarial e ajudar os mais vulneráveis”.

 

LEIA TAMBÉM

Autárquicas deste ano com menos cerca de 90 mil eleitores que em 2017

O diploma publicado hoje em Diário da República, com dados obtidos através da base central …

Buscas por criança desaparecida concentradas na zona onde foram encontradas pegadas

As buscas pelo menino com dois anos que desapareceu ontem de manhã, em Proença-a-Velha (concelho …