Home - Últimas - Crocodilo do Nilo no rio Douro afinal pode ser uma lontra

Crocodilo do Nilo no rio Douro afinal pode ser uma lontra

O Serviço de Protecção da Natureza da Guarda Civil espanhola encontra-se desde este domingo a realizar uma operação de busca de um animal, que foi avistado no troço do rio Douro, entre Simancas e Tordesilhas. Inicialmente, os especialistas disseram tratar-se de um crocodilo do Nilo, uma espécie considerada “muito agressiva e perigosa”. Mas esta segunda-feira os indícios que eram atribuídos a um crocodilo podem pertencer afinal a uma lontra, revela a imprensa espanhola.

Um dos especialistas confirmou aos meios de comunicação social que, até ao momento, não foram encontrados vestígios daquilo que poderia ser o ninho do crocodilo. O mesmo investigador sublinhou que é precoce que especular sobre o aspecto do animal, até porque não há qualquer certeza que esteja realmente no rio. O animal foi avistado por três pessoas diferentes entre sexta-feira e sábado na zona de Pesquerela, perto de Valladolid.

“É muito fácil confundir uma lontra com esse réptil”, diz o especialista Francisco Javier García. “A lontra move-se pela água com um movimento ondulado, com os olhos e o nariz de fora. Se estivermos sugestionados para isso veremos um crocodilo como aconteceu no pântano de Valmayor em 2003”. Também ali foram alegadamente avistados crocodilos, mas as autoridades acabaram por desistir das buscas sem nunca terem encontrado nenhum réptil.

Apesar disso, as buscas continuam na região da confluência entre os rios Pisuerga e Douro em busca do crocodilo do Nilo. Estão envolvidos nas operações de busca mais de uma dezena de elementos das autoridades, não só para procurar o animal mas também para impedir que os habitantes acedam à zona ribeirinha.

LEIA TAMBÉM

Auto do Esconjuro – E o Diabo – o Grande Fogo – desceu à terra ! Naquela noite fatídica,  de 15 para 16 de Outubro de 2017 ! Autor: João Dinis

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …

GNR continua buscas por idoso desaparecido em Seia há quatro dias

Quatro dias depois do desaparecimento, a GNR continua as buscas pelo idoso, Álvaro Santos Marques, …