Home - Últimas - Messi comunicou hoje oficialmente ao Barcelona que quer sair do clube

Messi comunicou hoje oficialmente ao Barcelona que quer sair do clube

Leo Messi comunicou hoje a sua intenção de deixar o Barçelona. Através de um burofax  (um serviço disponível em Espanha que permite o envio de documentos urgentes a curto-prazo – em 24 horas) enviado aos serviços jurídicos do clube azulgrana, o jogador argentino explica a sua decisão de activar a cláusula que lhe permite deixar o emblema catalão no final de cada época, um termo difícil de delimitar neste momento e que supõe um litígio com o FC Barcelona.

Inicialmente, o capitão de Barcelona teve tempo para activar a cláusula até 31 de Maio, data que foi entendida como o fim da época de 2019-2020. O curso, contudo, foi prolongado até 23 de Agosto com a disputa daLiga dos Campeões. Messi entende, portanto, que é livre, enquanto a directiva considera que o prazo expirou em 10 de Junho.

O acordo do jogador com o clube termina em Junho de 2021, pelo que poderia ter negociado a sua partida a partir de Janeiro próximo, depois de ter interrompido as negociações para renovar um contrato assinado em 2017 e que inclui uma cláusula de rescisão de 700 milhões de euros. Foi em 2017 que decidiu incluir a possibilidade de sair no final de cada temporada, como anunciou o jornal EL PAÍS.

Há vários clubes que estavam à espera da decisão de Messi. O Manchester City produziu há muito tempo um relatório facilmente actualizado sobre a viabilidade económica da transferência do jogador argentino, caso um dia este decidisse deixar o Barcelona. As duas partes chegaram mesmo a realizar conversações em 2013 e 2016 quando o futebolista colocou em dúvida a sua continuidade no Camp Nou. Deu um passo atrás nas duas ocasiões e, desde então, o clube inglês não quis saber mais nada, condicionado além disso pela vontade do treinador Pep Guardiola e do secretário técnico Txiki Begiristáin, ambos com passado azulgrana, de não entrar em conflito com o Barça.

O City não é a único interessado em saber o que quer Messi. Há também especulações sobre o interesse do Manchester United, Paris Saint Germain e Inter. Todos concordam em qualquer caso que quem tem de se mudar agora é o argentino depois de avisar que se sentiu mais dentro do que fora do Barça numa conversa com Ronald Koeman e comunicar o seu desejo de deixar o Campo Nou. O capitão não estava entusiasmado com o que o esperava depois de se encontrar com o treinador holandês: ele seria o líder e encontraria o seu lugar no Camp Nou. O espaço, porém, ia ser diferente porque a ordem, as circunstâncias e mesmo os amigos mudaram desde o anúncio da demissão de Luis Suarez.

Aos 33 anos, Messi está cansado de perder, sem ainda conhecer a equipa em que poderia ganhar, e farto de ser enganado pelo Presidente Josep Maria Bartomeu. O último ano do actual mandato da direcção só resta o escudo de Messi, e houve sérias suspeitas sobre a sua utilização após o tratamento recebido por Johan Cruyff e Pep Guardiola. Normalmente acontece quando aqueles que governam a entidade esquecem o seu papel de facilitadores e querem ser mais protagonistas do que os jogadores, como se o seu mandato fosse único num momento único com uma equipa única, o melhor da história do Barça. Até o slogan eleitoral de Bartomeu foi circunstancial: “Temos um hat-trick, temos um tridente”, proclamou ele feliz em 2015.

LEIA TAMBÉM

Novo Mapa judiciário entra em vigor segunda-feira, Tribunal de Oliveira do Hospital reduzido Secção de competência genérica e Câmara só discutiu assunto a 24 de Julho

Tribunal iniciou julgamento de assaltantes de carrinha de Valores em Vila Nova de Poiares

O Tribunal de Coimbra começou hoje a julgar três homens e três mulheres acusados de …

Militar ferido em colisão entre duas motas da GNR na A25 na Guarda

Duas motas da GNR da Guarda colidiram esta terça-feira de manhã na estrada A25 sentido …