Home - Últimas - Tribunal da Relação reverte decisão e condena amante de Rosa Grilo a 25 anos de cadeia

Tribunal da Relação reverte decisão e condena amante de Rosa Grilo a 25 anos de cadeia

O Tribunal da Relação de Lisboa reverteu a decisão da primeira instância e condenou António Joaquim, amante de Rosa Grilo, a 25 anos de cadeia em cúmulo jurídico: 24 pelo homicídio de Luís Grilo e um ano por profanação de cadáver. O Tribunal da Relação manteve ainda a pena de Rosa Grilo, que tinha sido condenada pelo Tribunal de Loures à pena máxima de 25 anos.

António Joaquim tinha sido ilibado do envolvimento do crime. Em Março, o tribunal alegou falta de provas que colocavam António nos locais do crime. A arma usada para matar Luís seria a única prova que o poderia ligar ao homicídio do triatleta. Mas, logo na primeira sessão de julgamento, Rosa ilibou o amante, assegurando ao Tribunal que foi ela quem tirou a arma de casa de António “para se proteger dos angolanos”, sem que aquele soubesse.

 

LEIA TAMBÉM

Cadela deixou Noah porque não cabia na vedação onde menino passou

Director da PJ da Guarda explicou, esta tarde, os contornos em que a cadela se …

Américo Pinto é o candidato do JPNT – Seia à Junta da União de Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros.

O candidato do movimento independente Juntos Pela Nossa Terra – Seia (JPNT) à Junta da …