Home - Últimas - Almeida Henriques lamenta “atraso flagrante” de “remendo” no IP3

Almeida Henriques lamenta “atraso flagrante” de “remendo” no IP3

O presidente da Câmara de Viseu lamentou hoje o “atraso flagrante” na empreitada de requalificação do troço do Itinerário Principal (IP) 3 entre os nós de Penacova e a ponte da Foz do Dão, iniciada em maio de 2019.   Já me custa falar da desgraça que é o IP3. Nem o primeiro troço ainda está concluído, nem sabemos quando é que vai estar concluído o projecto dos restantes troços”, referiu Almeida Henriques aos jornalistas, no final da reunião de Câmara.

A empreitada arrancou em Maio de 2019, com um prazo de execução de 330 dias e a intervenção contempla um troço com cerca de 16 quilómetros. O autarca social-democrata disse ainda entender que esta requalificação “é um remendo” e nãoa solução definitiva para a ligação entre Viseu e Coimbra. “Obviamente, venha a requalificação do IP3, pelo menos é uma mais-valia. Acelere-se, cumpram-se os prazos”, pediu o autarca, lamentando não ter ouvido “nem deputados, nem vereadores do PS, a criticarem o atraso flagrante deste troço e de todo o cronograma que tem a ver com o IP3”.

Independentemente do foco no combate à covid-19, as questões estruturantes para a região, refere, não podem ficar esquecidas. “Continuo a achar que virá alguém com visão, deste Governo ou de outro, que recupere a perspetiva da Via dos Duques. Essa sim era estruturante”, defendeu, explicando que “permitiria concluir o IC12, fazer o IC37 entre Viseu e Nelas e depois a ligação a Seia” e a ligação a Sul de Coimbra. Para Almeida Henriques, “esta sim, seria uma obra estruturante do ponto até da coesão territorial”.

LEIA TAMBÉM

Um ferido grave em despiste no Carregal do Sal

Um homem, de 25 anos, ficou gravemente ferido após despiste do carro que conduzia em …

Rui Rio acredita na conquista da CM de Oliveira do Hospital e Francisco Rodrigues fala em “dinâmica de vitória irreversível”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital é uma das autarquias que o presidente do …