Home - Outros Destaques - Presidente do CDS admite candidatura à CM de Oliveira do Hospital, mas responsável do partido defende líder para a Câmara de Coimbra

Presidente do CDS admite candidatura à CM de Oliveira do Hospital, mas responsável do partido defende líder para a Câmara de Coimbra

O Presidente da Mesa do Plenário Concelhio de Coimbra do CDS-PP defendeu ontem à noite num artigo no jornal Notícias de Coimbra, a candidatura do presidente do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, à Câmara Municipal de Coimbra. Rui Nuno Castro defendeu, depois da reunião do Conselho Nacional de ontem, que o responsável máximo dos centristas deve “olhar finalmente para as autárquicas com o respeito e seriedade que merecem” e que Coimbra precisa de uma candidatura agregadora no espectro do centro-direita. Este artigo surge depois de Francisco Rodrigues dos Santos ter admitido ontem participar na candidatura à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, de onde são naturais os seus familiares.

Foi o próprio que o admitiu durante o Congresso Nacional do partido. “O meu papel é procurar liderar uma oposição ao Partido Socialista”, acrescentou, sublinhando que poderá “dar o exemplo nas eleições autárquicas”, se “houver necessidade disso”. “Sou de Oliveira do Hospital, como toda a gente sabe, e prepectivando-se eleições autárquicas [uma candidatura a um cargo] poderá estar em cima da mesa”, referiu. O líder dos centristas não esconde que Oliveira do Hospital é a sua terra, o concelho dos seus avós e dos seus pais, naturais da freguesia de Nogueira do Cravo.

Mas Rui Nuno Castro entende que o lugar certo seria Coimbra. “Precisa de uma candidatura que dê a esperança de acreditar que é possível muito mais e muito melhor. Que nos faça acreditar nas virtudes da iniciativa privada na construção de uma economia local robusta. Que faça de Coimbra uma cidade onde apeteça viver, aprender, trabalhar e desfrutar. E aqui, a meu ver, o CDS está em condições de fazer a diferença”, defende.

“Agora que Coimbra volta a ter um presidente do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos, a quem tive o privilégio de ouvir da sua boca, ainda enquanto presidente da Juventude Popular, o amor que sente pela cidade onde nasceu, não podemos perder esta oportunidade”, continua. E explica que estando colocada de parte a possibilidade da já tradicional candidatura do presidente do CDS à Câmara Municipal de Lisboa, Francisco Rodrigues dos Santos só poderá e deverá ser candidato a presidente da Câmara Municipal de Coimbra. “Desde logo, porque será um exemplo de que há muito mais país para além de Lisboa, mas também porque será a liderar pelo exemplo que calará os que o acusam de se resguardar ou de falta de coragem”, sublinha.

“Nunca, como hoje, Coimbra precisou de recuperar a influência política na esfera nacional que perdeu em 20 anos e duas gerações de políticos medíocres, onde são honrosas as poucas exceções. Gerações de políticos que deixam pesada herança de irrelevância, envelhecimento, degradação económica e social e um futuro muito pior do que o presente que receberam. Tudo isto tem um nome e um partido no topo da lista, Manuel Machado e o Partido Socialista”, escreve.

O Presidente da Mesa do Plenário Concelhio de Coimbra do CDS-PP defende que uma candidatura de Francisco Rodrigues dos Santos a Coimbra será agregadora e terá o apoio dos seus habituais parceiros políticos. “Mas, acima de tudo, dará a Coimbra o estatuto que merece, ao acolher uma candidatura ambiciosa do mais jovem líder partidário de um partido com tradição municipalista e fundador da nossa democracia. Francisco Rodrigues dos Santos, que pode vir a liderar gerações, teria, assim, a possibilidade de vir a liderar uma cidade com um enorme potencial, a sua cidade natal, rumo ao futuro que todos, sem excepção, desejamos. O momento é este, o desgaste da gestão socialista é evidente e Coimbra está farta de 25 anos de Manuel Machado nestes pouco mais de 40 anos de democracia”, remata.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital com quatro novos casos de COVID-19

O Município de Oliveira do Hospital registou nos dois últimos dias quatro novos casos de …

Fernando Tavares Pereira denuncia risco de desaparecimento do Centro de Exames de Tábua depois de receber pedido de ajuda

O Candidato à Câmara Municipal de Tábua, Fernando Tavares Pereira, denunciou ontem, que o  Centro …