Home - Sociedade - PJ detém suspeita do incêndio que matou idoso em pensão de Coimbra

PJ detém suspeita do incêndio que matou idoso em pensão de Coimbra

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, hoje, uma mulher, de 47 anos, em Coimbra, pela presumível prática de um crime de incêndio, numa pensão da cidade, que provocou a morte a um homem, de 72 anos. A  PJ explica que a suspeita, supostamente com recurso a um isqueiro, ateou fogo nas roupas do quarto de um hóspede, “propagando-se depois ao segundo andar, sótão, águas furtadas e telhado, inutilizando completamente todo o edifício”.

Além da morte do idoso, que se encontrava num dos quartos, as chamas provocaram dois feridos ligeiros e nove desalojados. Ainda segundo a PJ, o incêndio colocou em perigo os demais edifícios existentes na Baixa de Coimbra e só não atingiu proporções e consequências mais gravosas, face à rápida e decisiva intervenção dos bombeiros.

A detida, já com antecedentes neste tipo de atividade delituosa, encontrava-se em cumprimento de medida de coação de apresentações diárias em posto policial. A mulher será agora novamente presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas como adequadas.

 

LEIA TAMBÉM

Ana Abrunhosa lamenta não ter ponderado enviar lei da redução das portagens nas ex-scuts para o Constitucional onde acredita seria chumbada

A ministra da Coesão Territorial lamenta não ter ponderado a possibilidade de enviar para o …

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho

Otelo Saraiva de Carvalho morreu este domingo, tinha 84 anos. A notícia está a ser …