Home - Últimas - Manteigas entre os 15 concelhos que permanecem em risco extremo de infecção da COVID-19

Manteigas entre os 15 concelhos que permanecem em risco extremo de infecção da COVID-19

Portugal apresenta hoje apenas 15 concelhos em risco extremo de infecção face à semana anterior, um deles é Manteigas, no Distrito da Guarda. Saíram deste grupo 104 municípios desta lista, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS). Tábua e Oliveira do Hospital estão entre os concelhos que passaram para níveis considerados de menor risco.

Os 15 municípios que permanecem em risco extremo são Aljustrel, Gavião, Manteigas, Resende, Arronches, Boticas, Rio Maior, Castanheira de Pera, Castelo de Vide, Monchique, Moura, Sernancelhe, Setúbal, Ferreira do Alentejo e Penela. Há uma semana, recorde-se, Portugal tinha 119 dos 308 concelhos em risco extremo devido ao número de casos de covid-19, o que representava 38,6 por cento do total. Hoje esse valor situa-se nos 4,8 por cento.

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado reporta a um período de incidência cumulativa a 14 dias entre 3 e 16 de Fevereiro. Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

LEIA TAMBÉM

COVID-19 em Seia continua a aumentar

O concelho de Seia voltou a registar um aumento de casos de COVID-19. De sexta-feira …

Fernando Ruas eleito por unanimidade presidente da CIM Dão Lafões

O presidente da Câmara Municipal de Viseu, Fernando Ruas, foi eleito por unanimidade como novo …