Home - Últimas - Prisão preventiva para engenheiro electrotécnico responsável por incêndio na Sertã

Prisão preventiva para engenheiro electrotécnico responsável por incêndio na Sertã

O tribunal de Castelo Branco determinou ontem prisão preventiva como medida de coacção para o engenheiro electrotécnico a morar na Sertã suspeito de ser o autor de vários fogos desde 2017. O arguido é suspeito de ter sido o autor de vários incêndios de grandes dimensões, como o fogo que atingiu Mação, em 2017, e que consumiu 33 mil hectares, ou os incêndios em 2020 em Oleiros e Proença-a-Nova, que resultaram, respectivamente, em 5.000 e 14.000 hectares de área ardida.

A investigação começou em 2018 e culminou com a detenção do engenheiro suspeito de ter ateado quatro incêndios florestais nos concelhos de Sertã e Proença-a-Nova, no distrito de Coimbra, que deflagraram no domingo, com recurso a engenhos electrónicos alegadamente elaborados pelo suspeito.

LEIA TAMBÉM

Edição de 2021 do Rali de Tábua cancelada devido a calendário sobrecarregado

A edição de 2021 do Rali de Tábua, previsto para 13 e 14 de Novembro, …

Vírus da COVID-19 pode ser sazonal e ter relação com baixas temperaturas

O vírus que provoca a Covid-19 pode ser sazonal e estar relacionado com as baixas …