Home - Outros Destaques - Coligação “Construir o Futuro” acusa o PS de ter dentro da CM de Oliveira do Hospital algo que designam por “Xuxa Gate”

Coligação “Construir o Futuro” acusa o PS de ter dentro da CM de Oliveira do Hospital algo que designam por “Xuxa Gate”

A coligação “Construir o Futuro” acusa o PS de ter construído dentro da Câmara de Oliveira do Hospital algo que designam por “Xuxa Gate, tendo em conta a dimensão das ligações familiares e políticas dentro dos actuais quadros da câmara municipal”. Os responsáveis da candidatura da coligação do PSD/CDS-PP fazem a denúncia numa carta aberta na qual questionam se “são ou não são verdade as ligações familiares evidenciadas entre vários detentores de cargos políticos e outros funcionários da câmara?”.

“É ou não é verdade que vários deputados municipais votam matérias em sede de Assembleia Municipal em causa própria, seja como assessores à vereação e encarregados dos mais variados serviços camarários, ou mesmo como consultores cuja função permanece desconhecida para todos os oliveirenses?”, continuam a questionar, lembrando que não colocam em causa “a legalidade dos cargos distribuídos”. “Questionamos antes eticamente a sua atribuição. A sua atribuição consiste num exercício de ambiguidade política, com coincidências a mais, evidenciando laivos de promiscuidade em cada uma delas, compelindo-nos a questionar moralmente todas estas escolhas”, acusam.

Os responsáveis pela candidatura da coligação “Construir o Futuro” referem ainda que “é este tipo de prática e gestão políticas de aproveitamento partidário do aparelho administrativo que semeiam a descrença nos eleitores e levam as pessoas a virar costas à democracia e ao seu sistema política, servindo também de catalisador para todo o tipo de extremismos que, não apresentando soluções certeiras, acertam segurando nos diagnósticos, denunciando este tipo de práticas de favorecimento político”. Os responsáveis centristas e sociais democratas sublinham ainda que estas alegadas práticas “condicionando o próprio exercício democrático em cada eleição autárquica, utilizando o poder, não para solucionar os problemas dos oliveirenses e projectar o futuro do concelho, mas antes para uma tentativa bafienta de perpetuação nos cargos políticos”.

“Será que este modelo de gestão do partido socialista é para manter? Os Oliveirenses merecem saber da boca do executivo se o Partido Socialista tem ideias para angariar os seus votos ou se têm apenas cargos e empregos para oferecer consoante as garantias eleitorais que os hipotéticos candidatos oferecem”, acusam. “Para nós, fica claro que o modelo de gestão da Câmara Municipal é baseado no votismo e na manipulação e condicionamento de associações, empresas e famílias. Esta lógica de poder pelo poder, onde não se vislumbram quaisquer ideias para o futuro de Oliveira do hospital é apenas mais um episódio deste longo Inverno socialista. Cá estaremos, não apenas para combater este desnorte socialista, mas, sobretudo, para oferecer uma alternativa credível, mostrando aos oliveirenses que é possível ambicionar mais, é possível construir o futuro”, concluem.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital com praias para receber 760 banhistas, com Avô a liderar com 410 espaços

O Governo publicou hoje a capacidade de ocupação das praias para a época balnear 2021 …

Edição impressa do Correio da Beira Serra nº3

Clique na capa abaixo para ler a edição impressa.