Home - Destaques - “A Junta de Freguesia não entra, nem entrará em conluios”

“A Junta de Freguesia não entra, nem entrará em conluios”

O presidente da Junta de Freguesia de Oliveira do Hospital negou, ontem, a existência de qualquer “conluio” entre a autarquia e a Delta. Nuno Oliveira reagiu, assim, a declarações proferidas pelo vereador do PSD que criticou os moldes em que a junta cedeu um espaço público à Delta para a dinamização de uma ação promocional.

“As acusações para além de não fazerem sentido, são de um total absurdo, pretendendo colocar em causa o sucesso de uma iniciativa”, afirmou ontem o presidente da Junta de Freguesia de Oliveira do Hospital, esclarecendo que o evento que levou o vereador do PSD a denunciar a existência de um “conluio entre a junta de Oliveira e alguém ligado à Delta”, foi “público” porque “nada tinha a esconder”.

Reportando-se ao evento que tornou pública a parceria entre a Junta de Freguesia e a Delta/Grupo Nabeiro, no âmbito da iniciativa “Há Festa na Zona Histórica” e cujos lucros revertem a favor da Arcial e que culminou com uma ação promocional da Delta, Nuno Oliveira entende que tal só é “revelador da capacidade da Junta de Freguesia em atrair novos parceiros”. “Para que é que se faz politiquice barata?” questionou ainda o presidente de Junta, lamentando “este tipo de atitudes, que nada contribuem para Oliveira do Hospital” e “nada dignificam a política de proximidade”.

Às portas de mais uma edição do “Há Festa na Zona Histórica” que por via da parceria com o Grupo Delta vai beneficiar a ARCIAL, Nuno Oliveira considera este modelo acertado, pelo que avisa que “a Junta vai sempre envolver novos parceiros”. O autarca clarificou porém que “a freguesia não entra, nem entrará em conluios, nem perseguições com ninguém”. “Estou cá para fazer bem por quem mais necessita e que é quem mais nos motiva”, rematou.

LEIA TAMBÉM

Candidatos a deputados do PS por Coimbra e de Viseu visitam IP3 em Penacova

Os candidatos a Deputados do PS à Assembleia da República pelos círculos eleitorais de Coimbra …

“Apelo a compromisso público para ser travado o processo dos projetos em curso de mineração, designadamente de Lítio”

Um conjunto de organizações decidiram escrever uma carta aberta aos partidos políticos e aos candidatos …