Home - Outras notícias - A razão do COVID-19 matar quase duas vezes mais homens que mulheres em Espanha

A razão do COVID-19 matar quase duas vezes mais homens que mulheres em Espanha

Na ausência de estudos clínicos que se aprofundem nas causas de risco, tudo indica que a principal razão para essa diferença são as doenças anteriores. Fernando Simón, director do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências em Saúde, explicou na segunda-feira: “A doença afecta mais certos grupos de risco. Pacientes hipertensos, pessoas com patologias respiratórias ou diabéticas têm maior mortalidade. [Essas doenças] afectam mais os homens que mulheres, portanto é normal que sofram mais letalidade ”.

É uma das hipóteses que María del Mar Tomás, porta-voz da Sociedade Espanhola de Doenças Infecciosas e Microbiologia Clínica (SEIMC), também está a considerar, acrescentando que factores genéticos provavelmente  devem ser levados em consideração. O mesmo é argumentado por Germán Peces-Barba, vice-presidente da Sociedade Espanhola de Pneumologia e Cirurgia Torácica (Separ): “A letalidade está intimamente associada à idade e às comorbidades, e em Espanha os homens mais velhos têm muitas mais”. Alguns pesquisadores também apontam diferenças hormonais e do sistema imunológico que podem ter um papel na resposta ao coronavírus, mas são apenas teorias.

LEIA TAMBÉM

Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

Mais 39 detenções e 649 estabelecimentos fechados devido às medidas do estado de emergência

“Até ‪às 18h00 de hoje, foram detidas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e …

Crédito Agrícola dá moratória de um ano para famílias e empresas

Depois da Caixa Geral de Depósitos (CGD), BPI e Santander, o Crédito Agrícola também decidiu …