Home - Outros Destaques - A sexta-feira que, segundo Alexandrino, pode mudar Oliveira do Hospital

A sexta-feira que, segundo Alexandrino, pode mudar Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está a convidar a população do concelho a participar naquilo que pretende ser uma “grande manifestação” na próxima sexta-feira, 24 de Julho, pelas 18h00. Uma acção de protesto em defesa da saúde, da construção do IC6 e requalificação das EN 17 e 230, com concentração marcada para a rotunda do pastor, junto ao centro de saúde local e zona industrial, junto ao estaleiro municipal, antes de partirem em marcha lenta pela Estrada Nacional 17. Uma manifestação que, segundo José Carlos Alexandrino, promete transformar Oliveira do Hospital. “Sexta-feira será um novo dia para OH. Nada será como dantes”, prometeu

A liderar esta acção está o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, para quem o “concelho está doente” e que a “saúde um caos”. “Mas não nas competências que pertencem à autarquia, mas sim porque 1300 pessoas não têm médico de família. É um calvário”, sublinha o autarca, adiantando que espera uma grande jornada de luta. “Convoco todos a fazer aqui uma grande jornada para que o poder do Terreiro do Paço saiba que aqui existe gente.

O autarca espera com esta acção alertar igualmente o Governo para os problemas nas EN 17 e 230, bem como para as promessas não cumpridas de conclusão do IC6 e IC7. “O secretário de Estado das obras Públicas se fosse sério já se tinha demitido por não cumprir com a sua palavra de avançar com a obra em face de um entendimento entre os autarcas da região”, acusou Alexandrino, sublinhando que os autarcas entenderam-se e abdicaram da ligação de montanha. Mas nem assim a obra avançoou.

LEIA TAMBÉM

Dois novos casos de COVID-19 e pacientes descem para 12

O número de casos activos de COVID-19 em Oliveira do Hospital baixou para 12, apesar …

Fernando Tavares Pereira assegura que José Carlos Alexandrino “mente” no processo do posto de combustível do Chão da Bispa e mostra documentos

Fernando Tavares Pereira acusa Alexandrino de “mentir” no processo do posto de combustível, sublinhando que …