Home - Desporto - A Unilabs, parceira do Camião da Esperança, vai ser responsável pelos testes à COVID-19 nos clubes de futebol
Tourizense goleou AD Nogueirense e FC Oliveira do Hospital soma mais três pontos

A Unilabs, parceira do Camião da Esperança, vai ser responsável pelos testes à COVID-19 nos clubes de futebol

A Unilabs, que é parceira na iniciativa Camião da Esperança que tem feito testes pelo país fora, foi o parceiro escolhido pela Liga Portuguesa de Futebol (LPF) para os testes à covid-19 que terão de ser realizados pelos jogadores de futebol antes do regresso aos treinos e jogos, na retoma da I Liga portuguesa de futebol. Unilabs, parceiro  do Camião da Esperança, será também responsável pelos testes nos clubes da Liga.

O acordo, que já entrou em vigor, foi anunciado pela Liga de Clubes e confere à Unilabs o estatuto de parceiro oficial de saúde da Liga Portugal. Os testes obrigatórios aos jogadores das equipas da I Liga portuguesa de futebol serão custeados pelos próprios clubes, disse fonte próxima do processo.

Unilabs realizará os testes nos próprios estádios e centros de estágio. “Esta é uma área na qual a Unilabs tem experiência relevante, mostrando grande capacidade de realização de testes de rastreio fora do meio hospitalar, em condições de conforto e segurança coletiva“, refere a Liga.

“A Liga conseguiu, atempadamente, negociar com a Unilabs a presença dos seus técnicos nos nossos estádios e centros de estágio, sem que exista necessidade de deslocação dos jogadores e staff, e estes são motivos que temos como muito importantes na preparação deste regresso da competição aos relvados portugueses”, disse Sónia Carneiro, diretora executiva coordenadora da LPF.

LEIA TAMBÉM

ULS Guarda não revelou boletim epidemiológico da COVID-19 como estava estabelecido

A ULS Guarda não disponibilizou, ontem, como estava estabelecido, a partir do momento em que …

Alunos do IPG infectados na polémica festa transferidos do Hospital para unidade de alojamento

Dezasseis alunos do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), que estão infectados com Covid-19, foram transferidos …