Home - Região - Oliveira do Hospital - Açude da Volta em Alvoco “atulhado” de detritos apesar da autarquia ter estabelecido contrato de limpeza por ajuste directo de 75.366 euros
Açude da Volta em Alvoco atulhado de detritos apesar de contrato de limpeza de ajuste directo de 75.366 euros

Açude da Volta em Alvoco “atulhado” de detritos apesar da autarquia ter estabelecido contrato de limpeza por ajuste directo de 75.366 euros

O deputado da assembleia de freguesia de Alvoco de Várzeas, António Cruz, eleito pelo CDS/PP, não se conforma com a quantidade de detritos que se encontram no Açude da Volta do Rio Alvoco, depois de a Câmara Municipal ter assinado um contrato em Julho com a Cooperativa dos Agricultores de Alvoco das Várzeas, CRL, por ajuste directo, que previa a limpeza do leito e margens do Rio Alvoco – troço Alvoco de Várzeas. O prazo concedido para a execução da tarefa foi de 90 dias contra o pagamento de 75.366 euros, já com IVA. O CBS tentou saber junto da autarquia a justificação para o actual estado do rio, mas a resposta foi lacónica.10877450_881949408491651_176859638_n (Medium)

“Relativamente ao vosso email, informamos que os processos em questão decorreram de acordo com o Código dos Contratos Públicos, tendo sido publicados, nos termos da lei, no portal da internet dedicado aos contratos públicos, pelo que a sua consulta pode ser feita em www.base.gov.pt”, respondeu a autarquia a perguntas como: A limpeza já foi concluída? Como o prazo de execução da limpeza findava no mês de Setembro, e, já estando em Dezembro, quais os motivos para o atraso da execução? Se a limpeza foi efectuado como explicam o estado em que se encontra? O CBS tentou também ouvir Cooperativa dos Agricultores de Alvoco, mas tal também não se revelou possível até ao momento.

Açude da Volta em Alvoco atulhado de detritos apesar de contrato de limpeza de ajuste directo de 75.366 euros

“Mesmo não sendo um especialista na matéria perante o estado actual do Açude da Volta, localizado nesta freguesia, não estarei a mentir se disser que se encontra num estado deplorável, apesar da dita limpeza das margens e leito do rio”, refere António Cruz que considera como grande responsável da situação a autarquia oliveirense. “Esta situação apenas se verifica devido à falta de fiscalização por parte de quem adjudicou obra, neste caso, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital”, frisa.10884373_881949548491637_715105245_n (1) (Medium)

O deputado aponta mesmo o desastre que no passado casou imensos estragos. “Casos idênticos, mas provocados pelas forças da natureza, fizeram enormes estragos, destruindo mesmo o parque de merendas de Alvoco das Várzeas, uma parte da ponte romana, o parque de campismo da Ponte das Três Entradas e a ilha do picoto na vila de Avô, além dos danos que causou nos açudes por onde passou durante o seu percurso”, frisa, temendo que o mesmo se volte a verificar agora, mas por descuido humano. “Esse incidente acarretou enormes despesas para os cofres municipais. Algo deve ser feito para rectificar esta situação, pois no estado em que se encontra o açude, e com a proximidade das fortes chuvas, podemos mais uma vez ser vitimas de uma tragédia material e cultural, o que, no meu entender, poderá ser facilmente evitado se a CMOH fiscalizar os trabalhos que adjudica”.10866752_881949258491666_786883785_n (Medium)

O deputado finaliza dizendo que “não remete as responsabilidades à Cooperativa dos Agricultores de Alvoco das Várzeas, devido ao curto prazo de execução da obra, mas diz que não pode esconder o seu descontentamento para com este acto que, a não ser solucionado, “se irá revelar destrutivo para as localidades afectadas”. O contrato, porém, refere que os serviços a efectuar têm um prazo de garantia de dois anos. Mais uma razão que leva António Cruz a questionar o sistema de fiscalização da autarquia, uma vez que o rio se encontra neste estado já há tempo suficiente para se ter procedido à limpeza.

Aqui fica o contrato estabelecido entre a autarquia e a Cooperativa dos Agricultores de Alvoco das Várzeas

52045-page-001

52045-page-00252045-page-003

 

LEIA TAMBÉM

Três anos depois do Leslie, Tábua e Oliveira do Hospital já recuperaram

A Leslie atingiu Portugal como tempestade tropical, na noite de 13 para 14 de Outubro …

Aqua Village Health Resort & Spa é o melhor Resort Spa do Mundo

O Aqua Village Health Resort & Spa, situado no concelho de Oliveira do Hospital, arrecadou …