Home - Últimas - Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo registou taxa de crescimento de 80 por cento de visitantes face a 2021

Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo registou taxa de crescimento de 80 por cento de visitantes face a 2021

Depois de ter sido distinguida pela Organização Mundial de Turismo (UNWTO) com o prémio Best Tourism Villages, a Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo registou 75 769 visitantes em 2022, um aumento de mais de 80 por cento face ao ano anterior, em que registou 41 892 visitantes.

Uma das particularidades neste aumento de visitantes prende-se com o número de turistas estrangeiros a ultrapassar, em larga margem, o número de turistas nacionais. Em 2021, Castelo Rodrigo recebeu 22 953 portugueses e 18 939 estrangeiros. Já em 2022, o número de visitantes portugueses subiu para 27 026 e o número de estrangeiros para 48 743.

Relativamente ao número de visitantes estrangeiros, o destaque vai para os turistas provenientes dos Estados Unidos da América, alcançando as 16 353 pessoas, quase um terço do total dos visitantes registados que vêm de fora do país. Este aumento deve-se muito ao turismo fluvial no rio Douro, com os passageiros a entrar no concelho, depois de desembarcarem no Cais Turístico e Fluvial de Barca D’Alva. Seguem-se os turistas ingleses (11 164), espanhóis (6 088) e alemães (5 198). Há outras nacionalidades a passar por Castelo Rodrigo, essencialmente turistas franceses, suíços, belgas, austríacos, brasileiros, israelitas, noruegueses, holandeses, canadianos, finlandeses e italianos.

O Presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo considera que este aumento se deve “à valorização da Aldeia Histórica, ao turismo do interior e também à prioridade que os turistas e visitantes têm dado à nossa história, cultura e património edificado”. “Aqui, cada recanto tem um encanto, há mistério e cada pedra da muralha revela segredos, por isso, se valoriza o tempo e a qualidade do espaço e da oferta numa das melhores aldeias turísticas do mundo, que ainda é habitada, que tem vida e que tem sido gerida no sentido de ser preservada para o futuro, respeitando sempre o seu passado”, sublinha Carlos Condesso.

O autarca salientou ainda que “estes números são apenas os que estão registados no Posto de Turismo, sendo que o número total de visitantes é muito superior, tendo em conta a dinâmica que se verifica diariamente em Castelo Rodrigo, demonstrando que a sua promoção e divulgação traz resultados profícuos não só para a aldeia, mas também para a economia local do concelho”.

Exemplos da valorização desta Aldeia Histórica são a aposta na Recriação Histórica da Batalha de Castelo Rodrigo; o Turismo Literário, com iniciativas como a Rota Turística Literária ‘Viagem do Elefante’ e o Off Road Caminho de Salomão (que termina em Castelo Rodrigo); o melhoramento de acessos pedonais e rodoviários.  “Naturalmente que o envolvimento da comunidade local e o bom acolhimento e a qualidade da oferta dos agentes que aí operam também é de relevar, diante de números tão surpreendentes”, conclui Carlos Condesso.

LEIA TAMBÉM

Calor regressa em força esta semana e termómetros podem chegar aos 36ºC

O Instituto Português e da Atmosfera prevê que a temperatura vai subir ao longo da …

IPG

Politécnico da Guarda lança curso para capacitar cuidadores informais

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) lançou um curso com participação de acesso livre e …