Home - Outros Destaques - Alvôco da Várzeas e Avô com praias de bandeira azul, tal como Loriga e Lapa dos Dinheiros, em Seia

Alvôco da Várzeas e Avô com praias de bandeira azul, tal como Loriga e Lapa dos Dinheiros, em Seia

A Bandeira Azul vai ser hasteada este ano em 360 praias fluviais e costeiras, mais oito do que em 2019, anunciou hoje a coordenação nacional do Programa Bandeira Azul, que pede responsabilidade aos veraneantes no regresso ao mar. O concelho de Oliveira do Hospital conta com estas distinções nas praias de Alvôco da Várzeas e Avô. Já o concelho de Seia tem com bandeira azul Loriga e Lapa dos Dinheiros. As distinções deste ano, hoje apresentadas em conferência de imprensa no Aquário Vasco da Gama, em Oeiras, contemplam 322 praias costeiras, mais cinco do que em 2019, e 38 fluviais, mais três do que no ano passado.

No país, as praias estão distribuídas pelo Algarve (87), Norte (76), Tejo (57), Centro (46), Alentejo (36), Açores (42) e Madeira (16). À lista de praias aprovadas, que conta este ano com 360 zonas balneares, adicionam-se 11 entradas ou reentradas: Castelo do Queijo (Norte), Árvore (Norte), Pedrógão Sul (Centro), Mamôa (Centro), Costa de Lavos (Centro), Caxias (Tejo), Paço d’Arcos (Tejo), Foz do Sizandro (Tejo), Amieira (Alentejo), Marina de Portimão (Algarve), Sargentos (Açores), Prainha (Açores), Barro Vermelho (Açores), Banda D’Além (Madeira).

Devido à pandemia da covid-19, o tema deste ano é: “De volta ao mar, com a atitude de mudar”. Quanto a regulamentos de segurança, José Archer, da Associação Bandeira Azul, realçou que cabe às entidades responsáveis pela praia, pela marina ou pela embarcação galardoada implementar as regras extraordinárias no seu espaço. “Quando há Bandeira Azul, e enquanto estiver hasteada, é seguro frequentar”, afirmou, salientado que a fruição destes espaços públicos vai depender da responsabilidade de cada um. José Archer sublinhou ainda que a diversidade das praias é imensa e que quando se fala em medidas de adaptação às regras significa que as autoridade locais têm de adaptar as recomendações gerais à realidade local.

LEIA TAMBÉM

Presidente da CM de Oliveira do Hospital defende entrega de vales de 500 euros às pessoas para passarem férias no interior

O Presidente da CIM da Região de Coimbra e Presidente da Câmara Municipal de Oliveira …

Jovem de Lagares da Beira morre na Bélgica em choque brutal de camião “à velocidade máxima”

O jovem Fábio Cardoso, de 27 anos, natural de Lagares da Beira, concelho de Oliveira …