Home - Últimas - ASAE apreendeu 100 mil litros de vinho, avaliados em cerca de 64 mil euros, no distrito da Guarda

ASAE apreendeu 100 mil litros de vinho, avaliados em cerca de 64 mil euros, no distrito da Guarda

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 100 mil litros de vinho, na sequência de uma acção de fiscalização dirigida a um operador económico do sector vitivinícola nacional para verificar as normas que regulam a actividade e tendo em conta a campanha de vindimas que agora decorre. ​A ASAE refere que o alvo da fiscalização está sediado no distrito da Guarda, mas não revela a localidade, nem qual o operador económico.

A ASAE explica que durante a acção, que se desenrolou após diligências de investigação, verificou que o operador económico em causa, sediado no distrito da Guarda, “encontrava-se inscrito no Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) como vitivinicultor-engarrafador armazenando vinho (tinto e branco) referente à campanha de 2021, sem que possuísse qualquer registo ou documento comprovativo da proveniência do referido produto”.

Além disso, verificou-se ainda não ter sido realizada “a comunicação obrigatória, dentro do prazo legalmente previsto, relativamente à existência desses vinhos, designadamente a Declaração de Colheita e Produção ou Declaração de Existência”. Foi instaurado o respectivo processo contra-ordenacional e determinada a apreensão de cerca de 100 mil litros de vinho, num valor aproximado de 64 mil euros.

A ASAE avisa que “continuará a manter-se atenta às actividades vitivinícolas desenvolvidas ao longo da campanha de vindimas, prevenindo e reagindo contra as actividades contrárias às normas que garantem o regular funcionamento do sector”.

 

LEIA TAMBÉM

“Caso nada se faça, a extinção destes hospitais [do interior, como o Sousa Martins, na Guarda] será o resultado previsível…”

O Sindicato Independente dos Médicos – SIM/Centro considera que situação a do Hospital Sousa Martins …

Presidente da AF Guarda não concorda com suspensão de 30 dias aplicada ao árbitro Rui Ventura

O presidente da direcção da Associação de Futebol da Guarda não concorda com o castigo …