Home - Últimas - Autarca suspeita de mão criminosa no fogo de ontem em Pampilhosa da Serra

Autarca suspeita de mão criminosa no fogo de ontem em Pampilhosa da Serra

O presidente da Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra, José Brito, suspeita que o incêndio que ontem lavrou naquele concelho pode ter mão criminosa. José Brito explica que os incêndios começam sempre no mesmo local, junto a um vale de grande povoamento de pinhal muito denso, com cerca de 15 anos.

“É também um local com muito mato, portanto combustível não falta. E isto faz-nos pensar que há aqui qualquer coisa que não é propriamente obra do acaso”, frisou o autarca, enquanto as autoridades locais defendiam a presença de mais meios estacionados naquela região para um ataque mais musculado logo no início dos focos de incêndio. Ainda assim, ontem estiveram no terreno 556 bombeiros no terreno, apoiados por 159 veículos e ainda meios aéreos

O incêndio, recorde-se, deflagrou ao início da tarde em Janeiro de Baixo, Pampilhosa da Serra (Coimbra) e foi dado como dominado às 22h19. Posteriormente decorreram “trabalhos de consolidação de todo o perímetro”.Os meios aéreos, que chegaram a ser pelo menos 14 durante o dia, tinham desmobilizado ao início da noite.

LEIA TAMBÉM

Candidatura do PS em Celorico da Beira promete site para munícipes seguirem execução do programa eleitoral ao longo do mandato

A candidatura do Partido Socialista aos órgãos autárquicos do município de Celorico da Beira, representada …

Condutor interceptado a circular em contramão na A25

A GNR interceptou hoje um condutor de 66 anos que circulava em contramão na auto-estrada …