Home - Outros Destaques - Autoridade de Saúde considera Oliveira do Hospital em risco eminente face ao COVID-19

Autoridade de Saúde considera Oliveira do Hospital em risco eminente face ao COVID-19

A responsável pela Autoridade de Saúde do Aces Pin-Oliveira do Hospital, Maria Guiomar Sarmento, considera que Oliveira do Hospital se encontra em “risco eminente” face à actual situação epidemiológica da infecção COVID-19. Esta responsável num comunicado divulgado ontem refere ainda que “urge que sejam tomadas medidas de contenção máxima de possível risco de contágio, implementando mecanismo de resposta rápida”.

Maria Guiomar acrescenta ainda que , deste modo, “determino que todos os cidadãos que não residem habitualmente em Oliveira do Hospital, e que regressaram ou regressarão a este concelho, quer venham do estrangeiro ou de zonas de contágio comunitário do país, permaneçam em isolamento profilático durante 14 dias, a contar do dia da sua chegada”. Estas medidas acabaram por der divulgadas pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que referiu não existir qualquer caso de COVID-19 no concelho.

“Há alguns casos de quarentena mas sem motivo de preocupação por aí além. Há apenas dois casos de preocupação, estando um deles a evoluir muito bem. Teremos oito casos de quarentena”, informou José Carlos Alexandrino, que na quarta -feira tinha dado a conhecer que havia pessoas em isolamento a quem  não tinham realizado o teste de despistagem do COVID-19.

LEIA TAMBÉM

Empresa oliveirense Mundiveste colabora na produção de máscaras em tecido reutilizável contra a COVID-19

A Mundiveste, que tem como sócio gerente o empresário oliveirense Luciano Figueiredo, está a ajudar …

Oliveira do Hospital prolonga pagamento das refeições escolares até ao fim do surto da COVID-19

O Município de Oliveira do Hospital prolongou o prazo de pagamento das refeições escolares até …