Home - Últimas - Bombeiros da região da Serra da Estrela receberam apoio de grupo de emigrantes dos Estados Unidos

Bombeiros da região da Serra da Estrela receberam apoio de grupo de emigrantes dos Estados Unidos

Grupo “CC Os Serranos” é uma instituição que tem promovido ao longo dos anos os produtos e cultura da serra da Estrela nos Estados Unidos

Matilde Rebelo, natural de Freixiosa Mangualde, veio passar férias a Portugal em Agosto. Na época em que os incêndios consumiam a Serra da Estrela e as televisões mostravam os bombeiros agastados pela luta contra as chamas. Foi um cenário “dantesco”. Ficou comovida, ela que é a líder de um grupo designado “Os Serranos” que, há mais de três décadas, trabalha na promoção da Serra da Estrela nos Estados Unidos. De regresso convocou a direcção e ficou de imediato estabelecido que uma iniciativa que estava a ser trabalhada se deveria realizar o mais breve possível: homenagear os bombeiros e distribuir uma verba pelas (16) corporações da região. O evento ocorreu no passado mês de Outubro numa unidade hoteleira da Guarda.

“Um dos nossos objectivos é angariar fundos para ajudar instituições e mesmo particulares que estejam necessitados”, explica Matilde Rebelo que partilha a actividade de funcionária bancária com as iniciativas de “Os Serranos”. “Depois daquilo que vi, não tive dúvidas que devíamos ajudar, ainda que de forma simbólica, com uma homenagem e distribuir 25 mil euros que conseguimos angariar pelas corporações”, explica. “Temos um orgulho enorme naquilo que fazemos e toda a direcção se deslocou a Portugal para participar nesta iniciativa”.

O objectivo de “Os Serranos”, explica esta responsável, passa por promover tudo o que é da Serra da Estrela. O grupo organiza feiras onde coloca à venda, além do queijo Serra da Estrela, enchidos tradicionais, mel ou artesanato. E, segundo Matilde Rebelo, os produtos portugueses têm conquistado os americanos. “Citando o slogan publicitário de Fernando Pessoa poderíamos dizer que nos americanos o sabor dos produtos portugueses ‘primeiro estranha-se, depois entranha-se’”, sublinha. Explica ainda que “Os Serranos” procuram também facilitar o contacto de empresas serranas com clientes dos EUA e ajudar os portugueses que chegam.

“Esta é também uma estrutura que serve para aqueles que, pelas mais variadas razões, já deixaram de vir a Portugal continuaram a manter contacto com as suas raizes”, conta Matilde Rebelo. O CC Os Serranos, que está a caminho dos 37 anos, já conta com uma sede e mesmo um museu onde podem ser visitados diversos aspectos dos concelhos da região Serra da Estrela. “Cada município conta com o seu espaço”, explica, rematando que este é mais um importante passo para manter viva a memória “da nossa terra” entre todos, mas “particularmente entre os mais novos”.

A promover a Serra da Estrela desde 1985…

O Centro Cultural os Serranos foi fundado em Março de 1985 na cidade de Newark por um conjunto de emigrantes oriundos da região da Serra da Estrela e assumiu-se ao longo dos anos como um elo de ligação entre a comunidade serrana nos Estados Unidos da América e as entidades mais representativas da Serra da Estrela em Portugal. Se no início, a instituição estava confinada à cidade de Newark, com o passar dos tempos foi-se alargando a outras cidades americanas, contando com o apoio das comunidades oriundas da serra a viver naqueles locais.

Os Serranos começaram distinguiram-se também ao logo dos anos por arrancar com iniciativas de promoção de produtos da Serra da Estrela, particularmente o “Festival do Queijo Serra da Estrela, um momento em que aquela associação normalmente convida e recebe membros governamentais, das autarquias locais e outras instituições da região serra. “Naquela altura tivemos algumas dificuldades em colocar lá queijo, devido ao cardo, mas conseguimos e transformou-se um merado importante”, conta Antenor Melo, de 83 anos, de Tábua, que, a partir de Portugal, colaborou no processo de introdução do queijo Serra da Estrela nos Estados Unidos. “Ainda tentámos também o requeijão, mas não resultou”, sublinha Antenor, concluindo que o queijo abriu a porta a muitos produtos da Serra da Estrela que hoje são comercializados no EUA.

“O CC Os Serranos são verdadeiros embaixadores da Serra da Estrela nos Estados Unidos”

O presidente da Câmara Municipal da Guarda agradeceu ao Centro Cultural Os Serranos – USA pela forma como têm trabalhado a divulgação da região da Serra da Estrela nos Estados Unidos e pelo facto de se terem lembrado que este foi um ano particularmente difícil para os bombeiros da região.

“Esta é uma atitude louvável. Os bombeiros merecem. Oferecem muito do seu tempo a ajudar os outros”, referiu Sérgio Costa, que elogiou também aquele grupo de portugueses, com sede em Newark, Nova Jersey, que classificou como embaixadores da Serra da Estrela.

“Quero agradecer o trabalho que desenvolvem em prol da região. São, de facto, os embaixadores da Serra da Estrela, pelo trabalho que realizam na divulgação da nossa cultura, paisagem e produtos. São daqueles que, estando longe, procuram sempre estar perto”, frisou. E conclui enfatizando que esta iniciativa “é um reconhecimento justo” aos bombeiros que este ano tiveram uma tarefa particularmente árdua.

LEIA TAMBÉM

IPMA prolonga aviso amarelo devido ao frio

O IPMA prolongou o aviso amarelo até às 11h00 de quinta-feira nos distritos de Vila …

Equipa de ciclismo Tavfer-Ovos Matinados-Mortágua aposta na continuidade do “trabalho desenvolvido em 2022”

A Equipa Continental UCI Tavfer-Ovos Matinados-Mortágua para a nova temporada foi apresentada no auditório do …