Home - Últimas - Bombeiros desesperam em Madrid com chamadas para arrombar portas e recolher cadáveres devido à COVID-19

Bombeiros desesperam em Madrid com chamadas para arrombar portas e recolher cadáveres devido à COVID-19

O jornal espanhol El Mundo publica hoje o relato do arrepiante momento que se vai vivendo em Madrid desde o início da pandemia, com o número de chamadas para os bombeiros com o intuito de arrombar portas a aumentar 57 por cento em Março relativamente a igual período do último ano.

Um bombeiro da capital espanhola, que se identifica unicamente como José, relaciona este aumento com o número de pessoas que, ao longo das últimas semanas, tem vindo a morrer em casa vítima de complicações derivadas de infeção pelo novo coronavírus. “Já não há acidentes, já não há percalços, a maioria das saídas são para aberturas de portas, porque as pessoas estão a morrer sozinhas nas suas casas”, afirma

“Há pessoas que estão sozinhas, que não são hospitalizadas. Ligam pelo telefone e dizem-lhes que fiquem em casa e não lhes fazem o teste. Acabam por morrer sem que lhes sejam prestados cuidados”, acrescenta.

Um outro bombeiro, que trabalha no norte de Madrid, revela que as autoridades já equacionam prestar assistência psicológica a quem se encontra no terreno: “Está a ser duro recolher cadáveres. Este tipo de saídas aumentou muito desde o início da pandemia”. “Por vezes, vamos porque nos avisa um familiar que está há dias sem saber da pessoa, ou um vizinho, porque deixou a televisão ligada durante toda a noite”, completou.

LEIA TAMBÉM

Um ferido grave em despiste no Carregal do Sal

Um homem, de 25 anos, ficou gravemente ferido após despiste do carro que conduzia em …

Rui Rio acredita na conquista da CM de Oliveira do Hospital e Francisco Rodrigues fala em “dinâmica de vitória irreversível”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital é uma das autarquias que o presidente do …