Home - Outros Destaques - Câmara de Oliveira do Hospital adia pagamento de água dos munícipes para o final da pandemia

Câmara de Oliveira do Hospital adia pagamento de água dos munícipes para o final da pandemia

O Município de Oliveira do Hospital vai prolongar o prazo de pagamento das facturas da água até ao fim do surto epidemiológico que está a afectar o país. A autarquia promete criar também condições para que possam posteriormente ser pagas em prestações. Suspensos estão também o corte e selagem de contadores de água e execuções fiscais originadas por atrasos de pagamento.

São abrangidas por esta prorrogação as facturas de fornecimento de água, saneamento e resíduos sólidos, emitidas a partir de Fevereiro. O Município também decidiu – e por igual período – suspender o pagamento de rendas de fogos de habitação municipal e outros espaços municipais.

Com estas medidas, que serão alvo de permanente avaliação, o Município de Oliveira do Hospital pretende essencialmente aliviar os efeitos económicos da pandemia nas famílias e actividades económicas.

Apesar destas medidas os munícipes que queiram ter os pagamentos em dia o façam, utilizando para isso o pagamento por multibanco, payshop, transferência bancária ou débito directo.

Como medida de prevenção destinada a proteger os cidadãos da COVID-19, o Município de Oliveira do Hospital tem vindo também a intensificar a desinfecção de espaços e equipamentos públicos, onde se regista maior afluência de pessoas, como unidades de saúde, supermercados, farmácias, bancos, etc.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa do Correio da Beira Serra nº3

Clique na capa abaixo para ler a edição impressa.

Fernando Tavares Pereira defende “liberdade de expressão” em Tábua

O empresário Fernando Tavares Pereira, candidato do PSD à Câmara de Tábua nas próximas autárquicas, …