Home - Região - Oliveira do Hospital - Campanha de ilusão. Autor: Nuno Pereira
Nuno Pereira

Campanha de ilusão. Autor: Nuno Pereira

Verifiquei esta semana que anda muita gente nervosa. Serão as eleições de 4 de Outubro?

Pois, digo-vos que, em minha opinião, nada mais é que um golpe de teatro, que pretende esconder segundas intenções.

  • – Vejamos que o Ps teve os meios para executar o maior número de quilómetros de estrada até ao ano de 2011 e não conclui o Ic6/7/37, nem arranjou a N17. O mesmo governo PS era liderado por um homem da terra, mas que se recusava a visitá-la a não ser quando vinha fazer ski para a estância da serra da estrela, como se de uma reserva Indígena se tratasse. Essa mesma reserva interessa aos senhores que vão para Lisboa e se esquecem da saúde, da educação, dos acessos e sobretudo da humildade de cá nascer, viver e fazer da sua terra, uma terra melhor. Têm os votos na altura das eleições e elegem quem vem fazendo curriculum durante anos a fio, sendo sustentados não sei por quem e sem nunca terem estado empregados (muitos nunca descontaram para o Estado).

Ora isto não se aplica só ao Ps, embora todos sabem que desde os governos de Sócrates que se tornou moda fazer carreira política, com muito Marketing á mistura.

  • – Nos anos 90 o presidente César Oliveira teve nas suas mãos a execução de uma ampliação no centro de saúde em oliveira do hospital para ter maiores condições no alto distrito, tendo o mesmo negado receber esse melhoramento, aproveitando Arganil para receber o mesmo. Hoje estamos a depender de certos serviços por falta de visão.
  • – Como na saúde também na justiça Oliveira do Hospital teve a possibilidade de ter um tribunal de instância superior e acharam os magistrados que estavam bem assim, tendo o mesmo ido para Seia. Hoje vejo que talvez tivessem razão, pois os processos que foram para Coimbra passaram a demorar metade do tempo relativamente ao que demoravam em Oliveira do Hospital.
  • – Também na organização das freguesias (obrigação da troika, negociada com o Ps), o município não se pronunciou, tendo aniquilado assim uma freguesia, por essa atitude desonesta com a população do concelho.

 Agora vem o município propor à população cometer um crime de desobediência civil????
Sim, porque o Sr. Presidente convocou todos os partidos para um corte de estrada contra a atual situação do IC6  e afinal nada foi como transmitiu. Passou a usar o nome dos partidos, como se todos estivessem de acordo. Abandonou todos aqueles que deram a cara por essa obra nos últimos anos, pois provavelmente o traçado não lhe interessa. Não se podem descartar as pessoas quando já não interessam.

Passou a falar da saúde nesta salgalhada de manifestação. Recentemente teve um avanço positivo com a colocação de mais 2 médicos em Oliveira do Hospital.

Sabemos agora que vários candidatos a deputados do Ps foram convidados para cá estarem.

– E os dos outros partidos???

– Então e os presidentes dos Municípios vizinhos que também estavam na luta até á 2 anos atrás vão comparecer?

– E a associação MAIS, que defendia o IC6 até á Covilhã?

Todos estes são do Ps e agora já não querem o Ic6, porque preferem o Ic12/37.

Os municípios de Carregal do Sal, Tábua, Nelas, Mangualde, Seia, Fornos de Algodres, Celorico da Beira e Covilhã, têm um denominador em comum. Os IC´s e são Executivos do PS.

O município de Oliveira do Hospital está isolado.

Não está na moda, mas sim faz muita moda, nas várias empresas locais que teimosamente não largam a terra e cá investem e criam empregos (provavelmente os que vêm de fora são mais acarinhados, como que de uma campanha publicitária se tratasse). Acho que a população está a ser iludida com falsos pressupostos.

Voltando à Manif, lembramo-nos de que o Psd fez uma marcha lenta em 2012 e o Presidente disse que era uma perda de tempo. Então agora já se ganha tempo?

Além de se estar a cometer um crime, porque estamos a falar num corte de estrada, também criamos outros problemas. A circulação vai ser um caos, pois cortando a estrada da zona industrial e no acesso principal á cidade as estradas ficam entupidas e coitados dos trabalhadores que saem do trabalho e têm de por ali ficar, pois senão…. Parece mal.
Agora pergunto:

– em que escola andam os filhos destas figuras?

– qual é o seu médico de família e onde costumam ir nas urgências?

– que locais visitam no concelho e na região aos fins de semana em que não têm de estar nas festas?

Será que não teria sido oportuno fazer a manifestação no passado sábado, que estava cá a Rtp (paga por todos nós), para realmente ter impacto na questão Das acessibilidades?
Será que este presidente também quer manter aqui a reserva Indígena que o Ps pretende implantar na região? – Sim porque dizem eles que o turismo assim é sustentável, o ambiente, a saúde…. Blábláblá. Não Temos cá arribas, “senão a ministra” teria feito um daqueles contratos para tirar a areia do ponto a, para o ponto b, para depois encher o ponto a. Milhões que se perderam por aí, nas Scuts, nas Ppp, etc,etc e tal. E dizem, meus amigos que sexta feira o protesto não é partidário?!!!!  É DO PS.

Não condeno quem vai, pois muitos pensam que a verdade é o que lhe disseram. Respeito a opinião de todos e sou a favor de avançar com obras estruturantes e que beneficiem o maior número de pessoas, mas vejamos que a requalificação da N17 já está contratualizada, os médicos, vêm a caminho e o Ic6 um dia há-de ser feito, com este ou outro governo e assim que estejamos libertos destas restrições financeiras criadas por sucessivos governos Socialistas. Não poderão reivindicar mais tarde, que foi com esta manifestação que mudaram alguma coisa.

No final do dia de Sexta-Feira, ficaremos todos com menos uns euros na tesouraria, pois folhetos, placards, funcionários da Câmara a gastarem o seu tempo e os próprios Vereadores em campanha custam muito aos munícipes.

Espero que no final não haja um porco no espeto, seguido de um concerto da Daniela Mercury.

Fica a opinião acerca de um executivo ilusionista.

Nuno PereiraAutor: Nuno Pereira

LEIA TAMBÉM

Em Ano de Autárquicas, Correr Atrás do Prejuízo é o Desporto Nacional. Autor: André Rui Graça

Pelo menos assim parece. O título é claro quanto baste. Irei elaborar melhor o que …

O céu de Setembro…

A primeira efeméride relevante deste mês é a passagem da Lua junto a Pólux uma …