Home - Destaques - Candidatos às legislativas da CDU por Coimbra defendem construção de instalações de raiz para a ESTGOH

Candidatos às legislativas da CDU por Coimbra defendem construção de instalações de raiz para a ESTGOH

Os candidatos da CDU pelo círculo eleitoral de Coimbra, Daniel Nunes e Laura Tarrafa, visitaram ontem Oliveira do Hospital e defenderam a necessidade da construção de instalações de raiz para a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH). Os elementos da comitiva, que foi recebida pelos responsáveis daquela instituição, explicam que as “novas instalações estão há muito prometidas, mas nunca foram concretizadas”. “Há inclusivamente um terreno municipal comprado para o efeito, situado em frente ao recinto da feira de Oliveira do Hospital, tal como a CDU tem vindo a defender”, sublinham os elementos daquela força política, para quem esta construção é “condição incontornável à consolidação e desenvolvimento desta Escola importante para a Cidade, para  o Concelho e sua População e mesmo para a Região”.

Frisando que as instalações actuais da ESTGOH foram concebidas como uma solução temporária, a CDU acusa que “a falta de vontade política de sucessivos governos:  PSD com ou sem CDS e PS – tem tornado esta em solução permanente”. “As recorrentes dificuldades de organização e planeamento do trabalho na Escola em grande parte resultam do espaço exíguo – a rebentar pelas costuras – que não consegue dar resposta ao efectivo crescimento desta Escola pois limita muito a sua acção e coloca constrangimentos ao seu bom desenvolvimento”, sublinham, vincando que a solução, “tal como a CDU defende e para a qual se dispõe a convergir em esforços e vontades, tem que passar pela construção de um novo edifício, e só isso conseguirá consolidar e acolher uma Escola necessária à região, possibilitando o seu crescimento e desenvolvimento mais dignos e dignificantes”.

A CDU acentua ainda que esta Escola é um elemento dinamizador da própria comunidade local, potenciador do desenvolvimento económico e social da Cidade e mesmo da Região e defendem a construção de uma residência universitária, “que possa dar uma resposta adequada aos estudantes em termos de habitação”, evitando “a especulação imobiliária e constitui mais um entrave no acesso ou permanência na ESTGOH, que importa ultrapassar”. “Foram debatidas também as questões da mobilidade e a necessidade de uma rede de transportes adequada, que possa responder aos mais de 500 estudantes que frequentam este estabelecimento de ensino em Oliveira do Hospital”, explicam.

Salário mínimo de 850 euros defende a CDU

A comitiva, contudo, começou o dia com uma deslocação à Feira de mês a contactar a população e terminou com um contacto, no exterior da empresa à hora do intervalo para almoço, com Trabalhadoras da fábrica de confecções DAVION (S. Paio de Gramaços). “A visita à Feira decorreu com normalidade no contexto da importância que a CDU atribui aos Mercados Tradicionais para a População, sendo que esta Feira é em recinto municipal. Também o contacto com as Trabalhadoras da DAVION, embora expedito, permitiu a apresentação das principais propostas da CDU para o mundo do trabalho designadamente o aumento do Salário Mínimo Nacional para os 850 euros / mês”, contam.

LEIA TAMBÉM

Francisco Rolo coloca “desenvolvimento económico e empresarial” como uma prioridade do seu mandato

O novo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital garante que irá “caminhar lado …

Lar de Oliveira do Hospital com surto que já vai em 30 casos activos de COVID-19

O Município de Oliveira do Hospital informou hoje que existe um surto de COVID-19 activo …