Home - Outros Destaques - CDU acusa PS e PSD de patrocinarem politicamente um “golpe” sobre a CA de Oliveira do Hospital

CDU acusa PS e PSD de patrocinarem politicamente um “golpe” sobre a CA de Oliveira do Hospital

A Coligação Democrática Unitária, CDU, em Oliveira do Hospital considera “uma perda institucional e prática para o município, a iminente “fusão por incorporação” da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Oliveira do Hospital, CRL, na sua (ainda) congénere Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da Serra da Estrela, CRL, esta com sede em Seia”. A CDU acusa ainda as duas forças políticas mais representativas no concelho de patrocinarem politicamente “este golpe” contra a CA de Oliveira do Hospital.

A CDU afirma ainda que mesmo “sendo verdade que uma maioria qualificada de Sócios da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital votou a favor desta “fusão por incorporação” em Assembleia Geral Extraordinária da Instituição e assim foi cumprido um requisito fundamental a esta “fusão por incorporação”, também não é menos verdade que muitos e muitos Sócios nem sequer se aperceberam da convocatória dessa mesma sessão da Assembleia Geral Extraordinária”.

“Por outro lado, a proposta aprovada – e aprovada está caso não haja algum percalço legal – foi preparada e defendida pelos actuais Directores e Administradores que ‘pintaram um cenário’ em que transformaram numa espécie de ‘salvação antecipada’ a ‘morte efectiva’ da Caixa de Crédito de Oliveira do Hospital. De facto, esta Caixa Agrícola vai ser completamente ‘engolida’, incorporada, pela até agora sua congénere Caixa Agrícola Serra da Estrela, sendo que a, afinal, ‘nova-velha’ Instituição vai manter o mesmo nome, a mesma Sede em Seia e até mantém o mesmo Número de Identificação Fiscal, NIF!”, conta.

O partido refere ainda em comunicado que a “Caixa Agrícola Serra da Estrela vai incorporar os Patrimónios, os activos e passivos, os capitais, os Trabalhadores, a Experiência, da Caixa Agrícola de Oliveira do Hospital, processo em que os Impostos sobre a sua actividade e que, até à “incorporação”, esta última pagava em Oliveira do Hospital passam a ser pagos em Seia – o Município da Sede da “nova-velha” Caixa de Crédito Agrícola – embora o IMI, Imposto Municipal sobre Imóveis, acabe por reverter para Oliveira do Hospital”.

“A CDU alerta desde já os (ainda) Trabalhadores da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital para as ameaças sobre os seus direitos, ameaças que, por norma, sempre resultam destes processos ditos de “fusão por incorporação”. Acrescenta que “ao mesmo tempo, os actuais “Balcões” da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital vão passar a ficar debaixo de uma pressão administrativa maior – sempre e serem “espremidos” pela “nova” Administração – que a Caixa de Crédito Agrícola Serra da Estrela já abrange sete concelhos do distrito da Guarda onde já tem 15 “Balcões-Delegações”, frisam.

Com quase 36 anos de Caixa de Crédito Agrícola em Oliveira do Hospital, foi “ignorado o esforço de Fundadores e de todos aqueles e aquelas que a consolidaram e mantiveram operacional, mutualista e cooperativa, ao longo dos quase 36 anos, desde a fundação”. “De nossa parte, preferimos uma Caixa Agrícola mais pequena que seja…mas que seja a nossa! Mais mutualista e solidária, mais próxima, mais humanizada!”, refere um sócio na Assembleia Geral.

A CDU acusa ainda o PS e PSD de patrocinarem politicamente mais este “golpe” no município através dos seus principais candidatos nas próximas Eleições Autárquicas.  Acrescenta que “o candidato do PS à Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital e actual Presidente da Câmara, também é o Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital e está já indigitado como o futuro-próximo Presidente da Mesa da Assembleia Geral da “nova-velha” Caixa de Crédito Agrícola da Serra da Estrela no pós-incorporação. Ao mesmo tempo, o cabeça de lista à Câmara de Oliveira do Hospital pela coligação PSD com CDS/PP faz parte do Conselho Fiscal da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital e está já indigitado para se manter no Conselho Fiscal da “nova-velha” Caixa de Crédito Agrícola da Serra da Estrela pós-incorporação”.

LEIA TAMBÉM

Reforma de um médico encerrou Unidade de Saúde de Ervedal da Beira, CDU reclama restabelecimento “urgente” dos serviços

A CDU reclama a reabertura da Unidade de Saúde em Ervedal da Beira que se …

Médica Maria do Rosário é candidata na lista de Fernando Tavares Pereira ao executivo do município de Tábua

A médica Maria do Rosário é uma das candidatas a integrar o executivo municipal de …