Home - Opinião - CDU mantém a Junta de Freguesia de Meruge e Nogueirinha e aumenta votação para a Câmara. Autor: João Dinis

CDU mantém a Junta de Freguesia de Meruge e Nogueirinha e aumenta votação para a Câmara. Autor: João Dinis

A CDU mantém a freguesia de Meruge (com Nogueirinha) com maioria absoluta de 4 eleitos na Assembleia de Freguesia (num total de 7 eleitos).

Trata-se de uma vitória notável tendo nomeadamente em conta a aposta “feroz” que o PS fez nesta Freguesia e sem nela ter atingido os objectivos a que se propôs.

CDU destaca o regresso de João Alberto Abreu a Presidente da Junta de Freguesia de Meruge, saúda todas e todos os eleitos(as) e outros(as) activistas da CDU sem esquecer um reconhecido abraço e um “até sempre!” aos e às que agora cessam funções como eleitos(as) e quer na Junta de Freguesia quer na Assembleia de Freguesia de Meruge.

CDU felicita a População de Meruge e de Nogueirinha que mais uma vez, e apesar de tanta pressão antidemocrática vinda de fora para dentro da Freguesia, soube escolher o projecto da CDU e que certamente nele vai participar.  Sim, a CDU vai estar à altura das expectativas criadas e da sua responsabilidade na freguesia de Meruge e Noguerinha, com – trabalho, honestidade, competência, experiência e certamente também com criatividade.

CDU saúda a População do concelho de Oliveira do Hospital pela demonstração de civismo e envolvimento democrático que mais uma vez protagonizou neste acto eleitoral.

Noutros resultados e comparativamente com 2017, a CDU aumentou em 17 % a sua votação para a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, reduziu em menos quase 10% para a Assembleia Municipal e praticamente manteve a votação total das Assembleias de Freguesia em que concorreu.  Dadas as circunstâncias específicas e o contexto ingrato da flagrante desproporção de meios de informação e propaganda em relação a outras candidaturas, a CDU obteve um resultado normal, embora insuficiente, para os dois Órgãos Municipais, Câmara e Assembleia.

A destacar também que a CDU contribuiu para o esclarecimento e mobilização dos Eleitores com as suas propostas de desenvolvimento integrado para o Municípios e suas Freguesias e outros posicionamentos programáticos e de princípio. Pelo contrário, outras candidaturas cedo resvalaram para o insulto recíproco e pessoalizado com o que acabam por desprestigiar a Democracia e impedir, de facto, um melhor esclarecimento das Populações.

PS  perde votos e eleitos no concelho de Oliveira do Hospital.

Ainda segundo os números provisórios, assinale-se a expressiva perda de votação do PS e a todos os níveis, com perdas de mais de 20 % para a Câmara Municipal ( 1 723 votos), com mais de 15% de perdas para a Assembleia Municipal ( 1 179)  com uma perda de 13,8%        ( 966 votos) no total das Assembleias de Freguesia em que concorreu directamente e que foram quase todas as 16.   PS perde também dois vereadores no Executivo que passam para a coligação PSD com CDS/PP.  E também perde 2 eleitos directos na Assembleia Municipal que tem um total de 21 eleitos directos.  Assim, por aqui se vê que essas significativas perdas eleitorais do PS não acontecem apenas devido à mudança de cabeça de lista à Câmara…  Em geral, da parte dos eleitores há uma evidente penalização político-partidária do PS.

A coligação PSD mais CDS/PP sobe nas suas votações e alcança três vereadores para a Câmara Municipal (contra 4 do PS) e mais duas Freguesias.  Porém, nas primeiras declarações proferidas logo após a saída dos resultados eleitorais, nota-se que o cabeça de lista desta coligação à Câmara, começa já a pôr-se a jeito para próximos entendimentos e outras cumplicidades com a maioria PS aliás na sequência, e repete-se, daquilo que fez durante 15 anos em que serviu o PS na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.  Será, pois, o reiniciar de uma “novela” a seguir e a divulgar oportunamente, caso prossiga…           De assinalar ainda que o líder nacional do CDS/PP e também cabeça de lista da coligação à Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, e ainda que a grande comunicação social pareça não ter dado conta disso, regista um resultado pouco consentâneo com esse mesmo facto de ser líder nacional de um partido aqui concorrente a estas eleições…  Afinal, para a Assembleia Municipal a coligação obteve apenas mais 53 votos do que obteve para a Câmara…

Entretanto, um outro partido que pela primeira vez concorreu a estas eleições autárquicas não logrou atingir qualquer dos objectivos com que entrou nesta campanha, e apesar de toda a sua “ganância” de tipo eleitoralista.

Pelo seu lado, a CDU vai manter-se atenta e actuante, sempre na defesa dos legítimos direitos e interesses da População do Município de Oliveira do Hospital.

O trabalho e a luta continuam!!

 

 

 

Autor: João Dinis

LEIA TAMBÉM

O mistério do presidente sumido na noite das eleições. Autor: Carlos Martelo

A noite das eleições, e para além dos resultados. Foi estranho muito estranho. Lembram-se que …

“O Deus Sol” continua a “cantar vitória com a força toda, apesar de…” Autor: António Lopes

Tal como tinha previsto, foram 4-3, porque o António José Cardoso, ficou aquém das expectativas. …