Home - Últimas - Celorico da Beira: GNR investiga roubo de catalisador em plena luz do dia no centro da vila

Celorico da Beira: GNR investiga roubo de catalisador em plena luz do dia no centro da vila

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR da Guarda está a investigar o roubo de um catalisador de uma viatura que se encontrava estacionada na Avenida da Corredoura, em Celorico da Beira. O assalto ocorreu ontem, em plena luz do dia, provavelmente pela hora de almoço, e foi detectado quando a proprietária da viatura regressava da pausa da refeição.

“Inicialmente, vimos o cano de escape no chão e até brincámos com a situação. A jovem chamou o pai que, por sua vez, procurou um mecânico, o qual verificou que tinha sido furtado o catalisador”, conta uma das testemunhas que se encontrava no momento em que a proprietário deu pelo assalto. O roubo foi de imediato participado à GNR, cujo posto fica a poucas centenas de metros, que fez seguir para o local uma equipa de investigação.

Os catalisadores, colocados nos tubos de escape dos automóveis, são compostos por platina, paládio e ródio, entre outros, e permitem filtrar as emissões tóxicas proveinentes do motor e transformá-las em gases inofensivos como o H2O, o Co2 ou o nitrogénio. Para roubarem os catalisadores os assaltantes têm de cortar (com recurso a uma rebarbadora) a blindagem que protege o motor os carros e depois as pontas do tubo de escape que são unidas pelo catalisador. O objetivo é depois conseguir vender a pequenas oficinas ou a sucatas. Só os metais como o paládio, platina e ródio podem valer cerca de 65 euros o grama.

 

LEIA TAMBÉM

“Caso nada se faça, a extinção destes hospitais [do interior, como o Sousa Martins, na Guarda] será o resultado previsível…”

O Sindicato Independente dos Médicos – SIM/Centro considera que situação a do Hospital Sousa Martins …

Presidente da AF Guarda não concorda com suspensão de 30 dias aplicada ao árbitro Rui Ventura

O presidente da direcção da Associação de Futebol da Guarda não concorda com o castigo …