Home - Últimas - Centro de Produção de Mangualde da PSA arranca na quarta-feira

Centro de Produção de Mangualde da PSA arranca na quarta-feira

O Centro de Produção de Mangualde da PSA arranca progressivamente a partir de quarta-feira, com algumas medidas especias, como medidas sanitárias reforçadas, partilhadas com os parceiros sociais antes da retoma da atividade, um conjunto de auditorias destinado a garantir a sua perfeita implementação em 100 por cento das instalações industriais, comerciais, de serviços e de investigação e desenvolvimento (R&D) do Grupo. Será uma retoma gradual e segura da atividade industrial, impulsionada pela atividade comercial.

 

 

“Proteger os nossos colaboradores e as nossas atividades económicas continuam a ser os dois princípios intocáveis das nossas operações. O nosso protocolo de medidas reforçadas confere um elevado nível de proteção aos nossos colaboradores e é o primeiro critério para a retoma de atividade nas nossas fábricas. Com a atividade industrial a ser impulsionada pela atividade comercial, que é o nosso segundo critério, vamos relançar, de forma gradual e segura, o nosso aparelho industrial para produzirmos os veículos que são necessários aos nossos clientes. Estes dois critérios irão guiar as nossas decisões durante as próximas semanas e meses” diz o , Yann Vincent, diretor industrial do Groupe PSA.

O diretor do Centro de Produção de Mangualde, José Luis Alonso Mosquera, explica que  desde a paragem foi implementado “um protocolo de medidas sanitárias reforçadas nas nossas instalações, que foi elaborado com o apoio dos serviços médicos do Groupe PSA, e enriquecido com a contribuição dos representantes dos Trabalhadores”. “Graças a este esforço coletivo, validado pela auditoria realizada no dia 6 de abril, podemos retomar a produção no Centro de Mangualde, de forma gradual e segura. No dia 6 de maio terão início os trabalhos de preparação nas unidades de ferragem e pintura, e, a partir de 7 de maio, estarão em laboração todas as áreas de produção”, resumiu.

Medidas implementadas

 

  • Uso, sempre que possível, de transporte individual. Em caso de partilha, fornecimento de máscaras e regra de lotação pré-definida (colocação escalonada na parte de trás do veículo).

 

  • Medição de temperatura à entrada da fábrica, além da automonitorização de sintomas

 

  • Fornecimento individual de máscaras e gel alcoólico
  • Uso de óculos e máscaras na fábrica
  • Respeito pela distância entre as pessoas em todos os espaços, incluindo áreas de descanso, áreas para fumadores com marcas no chão
  • Manter as portas abertas (exceto portas corta-fogo) para evitar o contacto com os puxadores ou alavancas
  • Limpeza frequente de ferramentas e superfícies de trabalho
  • Tempo de espera durante qualquer troca de peças não preparadas no ambiente PSA
  • Ajuste da rotação nas trocas de equipas para evitar cruzamento dos trabalhadores

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Frio e neve para a próxima semana

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alerta para uma diminuição das temperaturas …

Motorista de Eduardo Cabrita acusado de homicídio por negligência

O motorista que conduzia o carro onde seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, …