Home - Últimas - Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha devido à COVID-19

Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha devido à COVID-19

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afectado pela COVID-19 no mundo. Os funerais também não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia.

A celebração de cultos religiosos ou cerimónias fúnebres civis é adiada até ao final do estado de alerta”, que prevê o isolamento geral da população, pelo menos até 11 de Abril, explicita o decreto-lei publicado hoje, citado pela agência France-Presse. O diploma também prevê que apenas três familiares da pessoa que morreu possam participar em enterros ou cremações, respeitando “sempre uma distância mínima de um a dois metros entres eles”.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já infectou mais de 750 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 36 mil. Dos casos de infecção, pelo menos 148.500 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em Dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

LEIA TAMBÉM

Um ferido grave em despiste no Carregal do Sal

Um homem, de 25 anos, ficou gravemente ferido após despiste do carro que conduzia em …

Rui Rio acredita na conquista da CM de Oliveira do Hospital e Francisco Rodrigues fala em “dinâmica de vitória irreversível”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital é uma das autarquias que o presidente do …