Home - Outros Destaques - CIM Coimbra implementou abrigos inovadores nos concelhos para promover transportes públicos

CIM Coimbra implementou abrigos inovadores nos concelhos para promover transportes públicos

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra instalou 19 abrigos de passageiros inovadores na área daquela CIM, como forma de valorizar e promover a utilização do transporte público de passageiros. Trata-se de uma solução de abrigo que inclui uma cobertura reforçada tecnicamente para oferecer um conforto térmico distinto, representando um equilíbrio entre a natureza e as infra-estruturas urbanas que se pretende restabelecer, promovendo o conforto térmico e estético da estrutura.

“Esta acção passou pela implementação de abrigos que fossem ao encontro dos objectivos globais do projecto e que apresentassem soluções inovadoras, ou seja, que se pudessem assumir como exemplo de boas práticas no âmbito da adaptação às alterações climáticas, principalmente ao nível do conforto térmico na fruição destes espaços e do equilíbrio Homem-Ambiente, ainda que a título de experimental (numa óptica de projecto-piloto), demonstrativos de soluções possíveis no combate às alterações climáticas”, afirma o Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Jorge Brito.

“A cobertura em painel sandwich é constituída por dupla chapa lisa/micro-ondulada, termolacada em cor creme e isolamento térmico e acústico de 30 mm de poliuretano expandido, conferindo um óptimo conforto térmico, com uma condutibilidade térmica muito baixa e isento de CFC’s representado uma pegada ecológica mínima”, explica aquela entidade que lidera o projecto “Demonstração e Inovação na Adaptação às Alterações Climáticas” co-financiado pelo POSEUR, PORTUGAL 2020 e Fundo de Coesão

Foram plantados numa floreira, na parte traseira do abrigo, seis pés da planta Jasmim Polyanthum que com o seu crescimento formarão um “muro” verde que emoldurará a parede em vidro e que se prolongará pela cobertura. Este abrigo possuirá, assim, uma parede e cobertura verdes, tornando-se visualmente mais agradável,  e permitindo uma maior filtragem de poeiras, retenção de água e alimento para polinizadores, transmitindo ainda um maior conforto térmico aos utentes dos transportes públicos que utilizem esta paragem.

“A espécie escolhida apresenta-se como uma espécie pouco exigente nas suas necessidades de água e com forte resistência à exposição solar, aguentando a pouca luminosidade do Inverno. Trata-se de uma planta perene, relativamente densa e capaz de envolver toda a parede traseira e cobertura do abrigo e com isso melhorar o conforto térmico. Apresenta flor durante grande parte do ano e tem com um longo ciclo de vida. Do abrigo faz ainda parte um banco com assento em madeira que garante o conforto ao utente, quer no Inverno quer no Verão.

“Trata-se, portante, de um abrigo de passageiros inovador, que pode ser facilmente reproduzido e aplicado em qualquer local e que, pela sua estrutura, materiais e estética, contribui para a melhoria do conforto na utilização dos transportes públicos, da qualidade de vida das cidades e para a sua sustentabilidade ambiental. Este é mais um projecto que vem demonstrar o comprometimento da CIM Região de Coimbra para Desenvolvimento Sustentável e a ambição de tornar a Região de Coimbra pioneira na adaptação às alterações climáticas”, sustentam os responsáveis.

LEIA TAMBÉM

EPTOLIVA distinguida novamente como “Escola amiga da criança”

A Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil (EPTOLIVA) voltou, este ano, a …

Concelho de Oliveira do Hospital com cinco novos casos de COVID-19

O concelho de Oliveira do Hospital tem cinco novos casos de COVID-19, mas mantém os …